Home > Destaques > Mindfulness: conheça a meditação que leva ao estado de atenção plena

Mindfulness: conheça a meditação que leva ao estado de atenção plena

Crédito: Pixabay

Reduzir o estresse e a insônia, aliviar dores e aumentar o autoconhecimento. Esses são alguns dos inúmeros benefícios conquistados por meio da meditação. A prática mindfulness (na tradução livre, atenção plena) tem ganhado mais adeptos por auxiliar na concentração.

O livro “Atenção Plena – Mindfulness – Como encontrar a paz em um mundo frenético”, dos autores Mark Williams e Danny Penman, teve mais de 300 mil exemplares vendidos, além da leitura, o exemplar traz áudios de meditações que auxiliam na prática.

O psicólogo Vitor Friary explica que o método oferece a quem pratica uma oportunidade de reduzir o excessivo domínio das experiências mentais que nos fazem ficar presos em sofrimentos. “Em geral, passamos muito tempo remoendo situações do passado ou preocupados com o futuro. Com a prática, aprendemos a repousar no presente momento e responder aos pensamentos e emoções de uma forma mais distanciada e menos reativa”.

De acordo com o especialista, o mindfulness é um dos métodos de meditação com maior evidência científica da atualidade. “É uma prática simples que envolve processos de atenção variados, desde o treinamento do foco em sensações, no corpo e na respiração, até uma atenção aberta, não reativa e não julgadora do que surge de momento a momento na experiência do meditante”.

Friary destaca que qualquer pessoa pode praticar o mindfulness. “Mas é sempre bom certificar-se de ter aulas com um professor certificado, em especial se o objetivo tiver uma proposta terapêutica, como reduzir insônia, aumentar bem-estar psicológico ou reduzir sintomas de depressão ou ansiedade, por exemplo”.

O indicado, para quem quer aprender a meditação, é fazer parte de um programa de oito semanas. “Na segunda até a quarta semana, as pessoas já reportam transformações no seu dia a dia e na sua experiência física e emocional. Pessoas com dores crônica, fibromialgia e insônia são as mais beneficiadas”.

Vantagens

A life coach Ana Paula Santos aponta as principais vantagens do mindfulness. “Redução de estados depressivos, medicamentos e dores. Melhora da resposta biológica ao estresse, redução dos sintomas da ansiedade e de doenças autoimunes como psoríase, além de melhorar a memória, disposição, imunidade e o sono. Em nível organizacional, potencializa a comunicação, liderança, tomada de decisões e autoeficácia”.

A secretária Claudia Dino foi contemplada com vários desses benefícios. “Passei a ficar menos ansiosa e isso melhorou minha qualidade do sono e rendimento no trabalho. A técnica também fez com que me julgasse menos”. Para ela, a amorosidade passada por meio do mindfulness é especial. “A gente cultiva a compaixão, empatia e equidade”.

No entanto, é preciso estar ciente de que, se deseja começar, é necessário reservar um tempo para investir na prática. “A pessoa pode começar com a meditação de 1 minuto. Mas deve garantir que não haverá interferências e que ela estará totalmente comprometida com o objetivo”, explica a life coach.

Ana Paula aconselha a iniciar o dia com a meditação. “Assim todo o resto dele funciona melhor. Exercitar de maneira informal também é legal, começando, por exemplo, a sair do piloto automático com exercícios rápidos: escovar os dentes com a outra mão, mudar o caminho para o trabalho, trocar a ordem de como você costuma se vestir ou inspirar e expirar antes de sentar para comer”.