Home > Acir Antão > Acir Antão

Acir Antão

Na foto, tirada no Mercado Central, que este ano comemora 90 anos, os jornalistas Sérgio Moreira e o presidente da Rádio Itatiaia, Emanuel Carneiro, que são amigos de longa data, se encontraram para bater papo.

QUEM TE VIU E QUEM TE VÊ – A Cidade Administrativa está virando um verdadeiro lixo. O gramado, outrora bem cuidado, está virando um matagal e o serviço de manutenção não está funcionando. Além disso, há banheiros interditados, tetos de gesso caindo, buracos na rodovia que fica no entorno do complexo e os estacionamentos estão abandonados, principalmente os destinados aos visitantes. Nós sabemos que o governo de Minas passa por dificuldades, mas o serviço de reparo do complexo administrativo deveria estar funcionando, porque, desde que foi inaugurado, tem uma pessoa responsável por sua administração. Mas, como o governador Romeu Zema (Novo) acha que todas as despesas são luxo e mordomia, é bem provável que o cuidado com o local esteja dentro desse conceito. Outro dia vazou a informação de que ele vai acabar com algumas escolas de tempo integral, pois isso possibilitará economia na merenda servida aos alunos. Zema vem administrando o estado como um empresário que, para enxugar despesas, dispensa funcionários, manda desligar a energia elétrica e fechar as torneiras para não gastar água. O governador se esqueceu de que o mais importante da crise é defender um maior desenvolvimento econômico de Minas que, naturalmente, vai se transformar em mais arrecadação, mais emprego e o aumento do poder aquisitivo do povo mineiro.

MODERNIZAÇÃO DA ECONOMIA – Dois empresários conversavam e concordaram que, apesar da crise que se abateu sobre o país, a modernização da economia também provocou desemprego. Eles exemplificaram que nas suas empresas muitas vagas foram suprimidas com a entrada de máquinas que sozinhas estão fazendo o serviço de vários funcionários. Só na fábrica de um dos empresários, a tecnologia acabou com o emprego de 200 pessoas.

SENTIMENTO – A morte de Geraldo Antônio Marquezani, diretor e fundador da Classic Nature, causou pesar no meio empresarial mineiro. Ele estava pescando no Rio Paracatu com uns amigos, sentiu-se mal e caiu dentro da água. Seu corpo foi encontrado 24 horas depois. Marquezani foi jogador do América e seu pai, o saudoso Tilim, jogou no Sete de Setembro.

DA COCHEIRA

Sérgio Moro tem confidenciado a amigos que o Brasil pode viver momentos difíceis se o Supremo Tribunal resolver acabar com a prisão em segunda instância.

A CBF quer regulamentar a compra de clubes por empresas, dando como exemplo o Redbull e o Bragantino, que já funciona nessa base.

O ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (PSL), Fabrício Queiroz continua em São Paulo e o seu depoimento ao Ministério Público do Rio está caindo em esquecimento.

Até que enfim a bancada mineira no Congresso e o prefeito Alexandre Kalil (PHS) vão recomeçar a cobrar o metrô do Calafate ao Barreiro. É válido lembrar que 30% das obras desse ramal foram feitas ainda no governo Fernando Henrique Cardoso. Já na era de Lula e Dilma, o metrô de Belo Horizonte não andou nem um metro.

ANIVERSÁRIOS

Domingo, dia 14 de abril
Coronel José Luiz Costa
Jornalista Milton Luca de Paula
Jornalista Júnior Moreira – Rádio Itatiaia

Segunda-feira, 15
Empresário Hamilton Guerra
Rafael Moreira Guimarães
Abdo Carim

Terça-feira, 16
Afonso Ligório de Paula
Delegado e ex-deputado Edson Moreira
Jornalista Otaviano Lage

Quarta-feira, 17
Jornalista Eustáquio Ramos – Rádio Itatiaia
Jornalista Priscila Mendes – Rádio Itatiaia

Quinta-feira, 18
Márcio Roberto – Brumadinho
Moacir Figueiredo – Nova União
Publicitária Raquel Lobo

Sexta-feira, 19
Coronel Natal
Empresário Joaquim Gaspar
Dilton Dias – Rei da Feijoada

Sábado, dia 20
Marcelo Dias – ex-prefeito de Sabará
Claudio Bento de Souza
Engenheiro Oszenclever Camargo

A todos, os nossos parabéns.