Home > Aulas > Vigílias – 13 a 20 de janeiro

Vigílias – 13 a 20 de janeiro

Sucessão em Juiz de Fora
Afastado do Executivo há cerca de 12 anos por negligência administrativa, o ex-prefeito de Juiz de Fora, Alberto Bejani, de acordo com pessoas próximas, já se articula para disputar a sucessão municipal neste ano. “Será difícil bater de frente e levar vantagem contra a atual prefeita Margarida Salomão (PT)”, avaliam conhecedores da política local.

Transporte coletivo de BH
Comentários ouvidos na porta do Café Boca de Pito, na Savassi, ironizam que o transporte coletivo de Belo Horizonte poderia estar melhor, não fosse o radicalismo de dois protagonistas do segmento: o presidente da Câmara, vereador Gabriel Azevedo, e o polêmico presidente do Conselho Administrativo do Setra-BH, empresário Robson Lessa. Ufa.

Valadares, o retorno
Promovido ao posto de secretário de Governo, o experiente deputado estadual Gustavo Valadares, segundo informações de bastidores, tinha a missão de facilitar a aprovação na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) do projeto prevendo a adesão do governo mineiro ao Regime de Recuperação Fiscal. Mas, como deu tudo errado, o nobre parlamentar já estaria fazendo o seu caminho de volta ao Legislativo. A conferir.

Eleição em MOC
Desacreditado politicamente, devido a inúmeras denúncias contra ele, o ex-prefeito de Montes Claros, Ruy Muniz, em sua última passagem pelo Café Galo, mandou avisar que vai tentar conquistar a prefeitura local mais uma vez. Ufa.

Sucessão em BH
Embora sem um projeto político ainda definido, o ex-prefeito Alexandre Kalil (PSD) deverá, enfim, se juntar ao projeto político do prefeito Fuad Noman, ambos da mesma sigla.

Política em Ipatinga
Em Brasília, semana passada, a presidente do PT nacional, Gleisi Hoffmann, fez uma breve avaliação sobre as chances de vitória da sigla nas eleições municipais deste ano em Minas Gerais. Para a cúpula petista em Ipatinga, o PT teria chances de desbancar o atual prefeito da Capital do Vale do Aço, Gustavo Nunes.

Secretariado desconhecido
“Quem conhece os secretários do governo Zema?”. Pergunta ouvida na porta do Café Nice, Centro de BH. Alguns lembraram do titular da Saúde, Fabio Baccheretti, outros fizeram menção ao secretário de Governo, Gustavo Valadares e, finalmente, citações em relação ao secretário de Cultura e Turismo, Leônidas Oliveira. Os demais, sequer foram mencionados. Certamente, são desconhecidos ou sem muita expressão.

Transporte em Contagem
Lideranças políticas de Contagem fazem indagações maliciosas e insinuações complexas sobre a atuação da prefeita Marília Campos (PT), com o setor de transporte coletivo da cidade.

Silveira continuará ministro
Fontes de Brasília garantem que o ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, não almeja ser candidato a prefeito da capital mineira, como insinuado no ano passado. Ele pretende continuar no posto e aguardar os desdobramentos para 2026. No entanto, segundo comentam, também não iria mais se candidatar a deputado federal por falta de interesse no cargo. Coisas da política mineira.

Aro estressado
Quem esteve recente com o secretário-chefe da Casa Civil do governo do Estado, Marcelo Aro, revela preocupação com o estado de espírito abalado do ex-deputado. Mesmo assim, ele insiste em participar das discussões relacionadas à sucessão à Prefeitura de Belo Horizonte neste ano.

Vira folha
Sempre ligada ao tucanato mineiro, a atual secretária de Estado de Planejamento e Gestão, Luísa Barreto, está sendo considerada, em seu antigo ninho, o PSDB, de virar a folha, depois de ter rasgado a ficha da sigla para assinar com o Partido Novo.

Sucessão em Uberlândia
Deputado de vários mandatos, o parlamentar estadual Leonídio Bouças (PSDB) continua sonhando em ser candidato à Prefeitura de Uberlândia. O maior problema é conseguir o apoio do líder político número um da cidade, o atual prefeito Odelmo Leão (PP).

Carnaval e política
Pessoas do Palácio Tiradentes acreditam que o vice-governador Mateus Simões (Novo), certamente, irá passar o Carnaval em Belo Horizonte, por conta da quantidade de pessoas do interior que estão na capital mineira nos dias da Folia de Momo. E, de quebra, tentará uma aparição nos principais eventos do período. Ou seja, o homem parece disposto a se tornar mais conhecido perante a população.

Eleição em MOC
Avaliado como uma pessoa próxima ao prefeito de Montes Claros, Humberto Souto (Cidadania), o deputado Gil Pereira (PSD) quer influenciar na escolha do candidato a vice-prefeito, através da indicação de um aliado seu. Isso porque ele mesmo não quer e também não pode ser o postulante por motivos legais. O tema está em debate nos bastidores da cidade.

Assunto complicado
O Iate Tênis Clube, em Belo Horizonte, está locando seus espaços para terceiros realizarem festas, como o tradicional Réveillon. Na virada do ano, os participantes do evento terceirizado tiveram mais de 20 aparelhos de celular furtados.

Direto de Brasília
De acordo com fontes de Brasília, o deputado federal mineiro Nikolas Ferreira (PL), ficou empolgado em informar ao ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) que o governador mineiro, Romeu Zema (Novo), não iria participar do evento no Congresso Nacional de comemoração de um ano contra os atos antidemocráticos.

Coitado do Léo
“A conta-gotas estou ajudando aniquilar toda a liderança política que ainda resta do ex-vereador e ex-presidente da Câmara de BH, Léo Burguês”. Frases atribuídas ao presidente da Casa, Gabriel Azevedo. A ver.