Home > fecomércio MG

Quase 70% dos varejistas estão confiantes com o segundo semestre

Para os varejistas, a crise econômica já está no passado. É o que demonstra a pesquisa de Expectativa de Vendas, elaborada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais (Fecomércio MG). Segundo dados do estudo, 67,3% das empresas acreditam que o segundo semestre de

Leia mais
Crédito: Brasil.gov

Dia dos Namorados deve injetar mais de R$ 15 bilhões na economia

O Dia dos Namorados segue firme na 3ª posição de data comemorativa mais importante para o varejo nacional. Pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) em todas as capitais estima que aproximadamente 93,5 milhões de brasileiros devem presentear alguém

Leia mais
Crédito: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Greve dos caminhoneiros causou prejuízo de R$ 1,7 bi por dia em Minas

Na semana passada, a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) convocou uma reunião com sindicatos patronais do estado no qual a pauta principal foi a paralisação dos caminhoneiros. Após o encontro, que reuniu mais de 100 líderes do setor industrial, o presidente da entidade concedeu uma entrevista

Leia mais
Crédito: Pixabay

Mais de 16 milhões de pessoas utilizam cheque

Engana-se quem pensa que o brasileiro usa apenas o cartão de crédito e débito para o pagamento. Segundo pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), 8% ainda utilizam cheque pré-datado para realizar compras, ou seja, 16,62 milhões de pessoas.

Leia mais

PIB cresce 1% em 2017 após dois anos de recuo

Dados do IBGE apontaram que, após dois anos de retração, o Produto Interno Bruto (PIB) cresceu 1% em 2017 comparado a 2016. O economista da Fecomércio MG Guilherme Almeida informa que, mesmo parecendo pequena, a expansão de 1% foi muito importante. “Tivemos uma evolução do PIB em todos os semestres.

Leia mais
Crédito: Pixabay

34% dos belo-horizontinos compram por impulso

“Quando eu vejo uma blusinha na promoção, não resisto”, essa é a fala da pregoeira Gabriela Oliveira, assumidamente uma consumidora por impulso. Ela faz parte dos 34,4% dos belo-horizontinos que compram sem pensar, segundo dados da Pesquisa de Orçamento Doméstico, elaborada pela Fecomércio MG. A analista da entidade Elisa Castro afirma

Leia mais

13º vai injetar R$ 200 bi na economia brasileira

Para quem está com déficit no orçamento familiar, a chegada do 13º salário pode ser uma alternativa para colocar as contas em dia e encarar 2018 sem preocupações financeiras. O Dieese estima que até dezembro R$ 200 bilhões deverão ser injetados na economia brasileira com o pagamento do benefício. O

Leia mais
Pesquisa mostra que 64,5% dos empresários pretendem fazer algo inovador nos próximos 12 meses - Crédito: Pixabay

67% das empresas de BH investem em inovação

Após 2 anos de recessão, o comércio começa a dar sinais de recuperação e otimismo. A recente queda da inadimplência de 7,4% para 4,6% contribuiu para uma movimentação menos tímida dos consumidores. Além disso, a perspectiva para o comportamento do PIB vem mostrando números crescentes, fazendo com o Banco Central

Leia mais
Lei foi sancionada, recentemente, pelo presidente Temer - Crédito: Reprodução internet

Nova lei de diferenciação de preços beneficia comércio e consumidores

Uma prática utilizada por muitos empresários do comércio que ia contra o Código de Defesa do Consumidor (CDC) foi sancionada, recentemente, pelo presidente Michel Temer (PMDB), na qual autoriza a cobrança diferenciada para pagamento em dinheiro, cartão de débito ou crédito. A lei não obriga a diferenciação de preços, apenas

Leia mais
71% dos entrevistados acreditam esse não é o momento de adquirir bens duráveis (Marcos Santos/USP Imagens)

Intenção de consumo aumenta no país

A saúde financeira dos belo-horizontinos está melhorando gradativamente, segundo a pesquisa de Intenção de Consumo das Famílias (ICF) da Fecomércio MG. O índice de IC, apurado pelo departamento de economia da entidade, registrou 76 pontos – número expressivamente maior desde maio de 2015. Esse fator corrobora com o otimismo dos

Leia mais