Home > Política > “Temos que tornar a capital atrativa para empresas de tecnologia e criar uma educação empreendedora”

“Temos que tornar a capital atrativa para empresas de tecnologia e criar uma educação empreendedora”

Depois de três mandatos consecutivos como deputado estadual em Minas Gerais, o jornalista e radialista João Vítor Xavier (Cidadania) é agora candidato à Prefeitura de Belo Horizonte.

Na visão de Xavier, falta planejamento e gestão da saúde pública que, mesmo contando com um orçamento de R$ 4,5 bilhões, não anda bem. “Para acabar com a fila de consultas especializadas, vou criar o projeto Virada da Saúde, com o atendimento aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) em horários ociosos dos hospitais privados. Com um custo de 1% a 2% do faturamento da prefeitura, esse projeto é viável e já foi feito em São Paulo, onde se zerou uma fila de quase 500 mil consultas em 83 dias”.

Em médio e longo prazo, ele pretende fortalecer a atenção primária, além de parcerias público-privadas para reformas nas unidades de saúde. “Criarei projetos de incentivo a rotinas saudáveis desde o ensino básico até a melhor idade. Pretendemos estudar e aplicar tecnologias em todo o sistema de saúde da capital mineira, facilitando o acesso do usuário a soluções rápidas, com custo reduzido e melhorando o controle dos pacientes”.

Xavier ambiciona ainda projetar e finalizar obras em pontos de alagamento de Belo Horizonte. Para isso, ele deseja voltar com regionais ativas. “O mais importante é mudarmos a cabeça de nossa cidade para termos um município mais verde, com coleta de água das chuvas e maior área de permeabilidade do solo”.

Ele se mostra incomodado com o fato de as linhas de ônibus terem sido definidas em 1997. “De lá para cá, tudo mudou. Temos tecnologias de mobilidade urbana, como os aplicativos de transporte, e tivemos um aumento de automóveis individuais. Temos novos modais de transporte e é preciso repensar o plano de mobilidade para termos menos linhas sobrepostas, mais eficiência e melhor qualidade para os usuários”.

Para recuperar o tempo sem aulas durante a pandemia, o candidato visa investir no ensino remoto e híbrido, garantindo o acesso de todos os alunos a essas ferramentas. “No pós-pandemia, temos um número grande de estudantes que pode não retornar às escolas. Irei voltar com o projeto Família Escola para entender a realidade de cada cidadão e, assim, trazer os cuidados pedagógicos, psicológicos e de saúde para que esse aluno se sinta estimulado a aprender”.

No que se refere à economia, o candidato observa que a riqueza de BH está migrando para a região metropolitana. “Nova Lima vem absorvendo grande parte do nosso recurso. Temos que tornar a capital atrativa para empresas de tecnologia e criar uma educação empreendedora. Irei dispor de incentivos para a geração de empregos”.

Segundo ele, é necessário fortalecer a vocação que temos como cidade receptiva. “Temos 6 milhões de pessoas somente na região metropolitana, estamos a poucas horas de voo de São Paulo, Rio de Janeiro e outros grandes munícipios. Proponho uma prefeitura proativa na atração de eventos. Temos que conectar nossa cidade a outras para que tenhamos ações interligadas para atração de turistas”, finaliza.

VEJA O PLANO COMPLETO DE JOÃO VÍTOR XAVIER
NOME COMPLETO:João Vítor Xavier Faustino
DATA DE NASCIMENTO:24/06/1982
OCUPAÇÃO:Deputado
PATRIMÔNIO DECLARADO:R$ 953.986,84
LIMITE LEGAL DE GASTOS 1º TURNO:R$ 30.413.484,38
LIMITE LEGAL DE GASTOS 2º TURNO:R$ 12.165.393,75
FONTE: Tribunal Superior Eleitoral