Home > Acir Antão > Acir Antão

Acir Antão

Legenda: José Maurício de Miranda Gomes, presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagens de Minas Gerais (Abav/MG), Alexandre Brandão e João Carlos Amaral na 14ª edição do Salão do Turismo da Abav/MG. Crédito: Luiza Primo

PIOR QUE UMA GUERRA– O cenário causado pelo coronavírus está pior que o de uma guerra mundial. É inacreditável ver a Itália vazia, sem turistas e com os estabelecimentos fechados. É triste ver o mesmo acontecendo com outros países da Europa como a Alemanha, Inglaterra, e também nos Estados Unidos. A economia está paralisada em importantes nações e o Brasil vai sentindo tudo isso. Na China, onde o vírus começou, a maior economia do mercado está se recuperando. Estamos ouvindo recomendações que nunca levamos a sério: colocar a higiene pessoal entre nossas prioridades em todos os locais que frequentamos. Lavar as mãos nunca foi tão importante como agora.

MERCADO DE CAPITAIS – O dólar chegou a R$ 5 porque os investidores, que aplicam dinheiro nos mais rentáveis mercados, cismaram de comprar a moeda americana por ser menos arriscado neste momento de incertezas econômicas. Com isso, as bolsas despencaram em todo o mundo e no Brasil não foi diferente. No entanto, quando as coisas se normalizarem o preço do dólar vai cair e quem comprou sairá no prejuízo.

ATÉ O GOVERNADOR – Romeu Zema (Novo) assumiu que teve contato com uma pessoa que testou positivo para o coronavírus. Por isso, ele se isolou e só saiu de casa após o resultado dos exames. Nosso governador foi o primeiro exemplo de um funcionário público que entrou em quarentena. Seus exames deram negativos.

DA COCHEIRA

BOLSONARO REAGE – Para não ser engolido pelo Congresso e pelo Supremo Tribunal Federal, o presidente da República, Jair Bolsonaro, se reuniu com seus ministros para anunciar algumas medidas – já indicadas pelo Ministério da Saúde – diante da pandemia do coronavírus. A atitude de Bolsonaro se deu depois que os presidentes da Câmara, do Senado e do STF se reuniram para discutir o problema num claro recado ao Palácio do Planalto. Isso porque o próprio presidente ignorou as recomendações das autoridades de saúde e foi às ruas no último dia 15 para apoiar manifestantes que protestavam contra o Congresso. Diante disso, aconteceu o primeiro panelaço contra Bolsonaro e até Janaina Paschoal, antes sua apoiadora, foi à tribuna da Assembleia de São Paulo pedir o afastamento dele. É válido lembrar que foi ela que liderou a campanha que tirou do palácio a presidenta Dilma Rousseff (PT).

Já o prefeito Alexandre Kalil (PSD), dentro do seu estilo populista, promoveu uma reunião para anunciar medidas da Prefeitura de Belo Horizonte diante da pandemia do coronavírus. O prefeito falou como se estivesse num palanque eleitoral, quando recomendou uma série de procedimentos como suspensão das aulas e a extensão dos plantões de saúde.

ANIVERSÁRIOS

Domingo, dia 22 de março

Radialista Dina Fernanda

Senador Carlos Viana

Antônio Lobo Scoralick

Segunda-feira, dia 23

Dr. José Maria Veiga

101 anos de Dona Edithe Gonçalves

João Marques de Vasconcelos

José Maria Grossi

Prefeito de Itaúna Neider Moreira

Terça-feira, dia 24

José Roberto de Vasconcelos Novaes

Francisco Monteiro

Deputado Luiz Humberto Carneiro

Quarta-feira, dia 25

Prefeito Alexandre Kalil

Juca Camargos- Contagem

Ermelindo da Rocha Faria- Empresário em Contagem

Jornalista Vânia Turce-

Quinta-feira, dia 26

Senhora Wanda Lacerda

Manezinho do Forró

Dr. Sérgio Reis Regine

Sexta-feira, dia 27

Paulo Ramos, diretor Cultural do Clube do Choro de BH

Engenheiro José Carlos Baldi

Saldanha- Restaurante do Porto-

Ex-Ministro Arlindo Porto

Sábado, dia 28

Márcio Belém- Prefeito de Esmeraldas

Dr. Cleber Guimarães

A todos os nossos parabéns!