Home > Geral > 49% dos brasileiros pretendem viajar no Carnaval, mas maioria quer fugir da folia

49% dos brasileiros pretendem viajar no Carnaval, mas maioria quer fugir da folia

Crédito: Sergio Souza/Unplash

Os viajantes do feriado prolongado do Carnaval 2020 podem ser divididos em dois grupos: os que vão na direção da efervescente folia e os que fazem de tudo para fugir dela. Segundo levantamento da Booking.com, quase 49% dos brasileiros pretendem viajar durante a festa deste ano. Porém, enquanto 23% vão cair na farra, 26% vão aproveitar o período para descansar.

“O Carnaval, por ser o maior feriado prolongado do país, é uma época em que, de modo geral, há muito interesse em viagens. Os percentuais variam bastante, entre outros fatores, de acordo com aspectos financeiros, seja pelo valor dos destinos, preço que as pessoas desejam pagar ou até mesmo se um grupo de amigos planeja repetir a viagem do ano anterior”, explica em nota a comunicação da Booking.com.

Segundo a pesquisa, apesar de saberem que querem viajar, o destino ainda é uma incógnita para maioria, já que muitos ainda não definiram sua programação de viagem: 28% não decidiram para onde vão. Os mais indecisos são os jovens de 18 a 24 anos (35%) e foliões solteiros (34%). Regionalmente, os viajantes do Centro-Oeste e Sul empatam com 31% de indecisão quanto ao destino, à frente do Nordeste (29%), Sudeste (26%) e Norte (24%).

Como explica a agência Booking.com, a desorganização pode ser um erro. “O mais importante em uma viagem de Carnaval é fazer um bom planejamento, ter em mente o tipo de viagem que você irá fazer e, consequentemente, o tipo a hospedagem desejada. Essa preparação, claro, depende do perfil de cada viajante: se ele viaja só, com família e crianças ou em um grupo de amigos, se a ideia é aproveitar o Carnaval, com seus desfiles e festas de rua e, por isso, precisa ficar em uma acomodação que facilite a ida aos blocos ou se é fugir da festa para um lugar sem a tradicional programação da folia”.

Mas, ao que tudo indica, os foliões e os “anti-Carnaval” não vão se trombar. De acordo com 39% dos viajantes, cidades grandes com praia são os principais destinos para curtir o Carnaval, enquanto 36% dos que pretendem descansar também buscam praias, mas em cidades do interior.

Além disso, 9% afirmaram que viajarão de carro, mas ainda não sabem onde vão se hospedar; e 6% já reservaram sua hospedagem, porém não decidiram a passagem. Em paralelo, dentre os que já têm planos de viagem definidos para o Carnaval, 25% pretendem viajar de carro e ficar em casa própria ou de amigos/parentes, enquanto 10% já têm passagem e hospedagem reservadas/compradas.

Improvisação parece ser uma tradição do Carnaval da mineira Bruna Duarte. No ano passado, foi de última hora com o namorado e um casal de amigos para Monte Verde em busca de sossego e clima de romance. Neste ano, cerca de duas semanas até o Carnaval, ainda decide os detalhes para Prado, município da Bahia com menos de 30 mil habitantes. “Um casal de amigos passou o Réveillon lá e voltou falando superbem. Principalmente, sobre como o lugar transmite paz, não lota muito e tem um preço mais acessível em comparação com destinos famosos da Bahia”, conta.

A intenção da mineira é aproveitar o feriado prolongado também nos municípios ao redor. “Uma coisa eu sei, vamos alugar um carro para visitar o máximo de praias”, afirma.