Home > Opinião > Copa Itatiaia: Tupinense, o legítimo campeão!

Copa Itatiaia: Tupinense, o legítimo campeão!

Crédito: Reprodução

O domingo do dia 12 de janeiro foi especial para os moradores do bairro Tupi, região Norte da capital mineira. O Tupinense conquistou o título da 59ª Copa Itatiaia Kaiser, após golear o Juventos de Brumadinho pelo placar de 5 a 1. O time do bairro Tupi, já havia conquistado o título da Chave BH ao vencer a equipe do Verona por 1 a 0.

Uma festa linda em Nova Lima, com o estádio Castor Cifuentes lotado. Foram mais de 15 mil torcedores que promoveram um verdadeiro espetáculo do futebol amador. O destaque da partida foi o camisa 11 da equipe do Tupinense, Vivi, que marcou três vezes. Um deles uma verdadeira pintura, ao driblar seu marcador com uma linda caneta e mandar a bola para o fundo das redes para o delírio do torcedor do bairro Tupi.

Ainda marcaram para o Tupinense o centroavante Állan, Camisa 9 e Pedrinho Nazaré fechou a histórica goleada aos 41 do segundo tempo. O Juventos de Brumadinho fez seu gol de honra, aos 44 minutos do primeiro tempo, anotado por Juninho Neymar (irmão do craque Bruno Henrique do Flamengo), cobrando pênalti.

Mais uma vez a Copa Itatiaia, maior competição de futebol amador do Brasil foi um verdadeiro sucesso. Criada em 1961 pelo patrono da emissora, o saudoso jornalista e radialista Januário Laurindo Carneiro, o torneio chegou à sua edição de número 59, contando com 32 equipes participantes, sendo 16 delas da capital e as outras 16 da região metropolitana de Belo Horizonte.

Importante destacar que o futebol amador em Belo Horizonte caminha junto com a história da própria capital mineira. Muito antes do surgimento do estádio Independência e do Mineirão, a bola já rolava em campos improvisados nos vários bairros de nossa cidade. Nos fins de semana, o campo de futebol se tornou o espaço de lazer, diversão e confraternização. E o que era diversão se tornou profissão para muita gente boa de bola que ocupou lugar de destaque nos grandes clubes do Brasil e do mundo.

Sabedora da importância do futebol amador principalmente para as comunidades da periferia, a Copa Itatiaia já se tornou uma tradição para os belo-horizontinos, que fazem deste importante torneio uma grande festa. Para isso, a Rádio Itatiaia – comandada pelo ilustre jornalista e amigo de longas jornadas, Emanuel Carneiro -, coloca à disposição dos torcedores, jogadores e ouvintes, seu time de craques do rádio, sob a batuta da competente Diretora de Esportes, Ursula Nogueira, com cobertura diária de tudo o que acontece antes, durante e depois das partidas.

Belo Horizonte tem hoje cerca de 200 campos de futebol amador. Essas praças de esporte, mais do que parte da história e da cultura esportiva de nossa cidade, são instrumentos indispensáveis no processo de inclusão social, principalmente nas regiões mais carentes. O futebol, sem sobra de dúvidas é um dos principais caminhos para a formação saudável das crianças e dos jovens na construção da cidadania. Parabéns ao Tupinense pelo título inédito da Copa Itatiaia, edição 59 e meus sinceros cumprimentos à Rádio de todos os mineiros pela belíssima cobertura esportiva deste grandioso evento esportivo.

Copa Itatiaia – produto da Rádio de Minas. Meus parabéns ao amigo “Show de Bola”, Milton Naves pela belíssima narração da grande final. Felicitações ao jovem empreendedor Cláudio Carneiro pela frase: “Me sinto melhor cobrindo a Copa Itatiaia do que a Copa do Mundo”.