Home > Esportes > Atividade física com elástico fortalece músculos

Atividade física com elástico fortalece músculos

“Dentro, fora, dentro, pisa, fora, cruza”, quem já ouviu ou cantou essa música que embala a brincadeira de pular elástico teve uma infância divertida. Mas, você sabia que, o que parecia ser apenas um passatempo infantil, se tornou uma forma de praticar atividade física e sair do sedentarismo?

Segundo o personal trainer Marcio Lui, o treino com elástico é indicado para fortalecer todos os grupos musculares. “Também é usado para a reabilitação e prevenção de lesões. Esse instrumento pode ajudar a turbinar o treino tanto em casa quanto na academia. Existem vários tipos de exercícios que são executados de acordo com a necessidade de cada um e precisa de avaliação profissional”.

Ele acrescenta que, além de deixar os músculos mais fortes, a prática traz maior amplitude dos movimentos. “A pessoa fica mais flexível para realizar outros tipos de atividade. E, com isso, as articulações ficam fortalecidas, evitando lesões e melhorando o condicionamento físico”.

Na avaliação do especialista, o ideal é que o elástico seja visto como um complemento à academia. “Ele passa a ser algo a mais na musculação, já que permite estimular o corpo de diferentes formas”.

Quem pode praticar?
O preparador físico acrescenta que, antes de começar, a pessoa precisa compreender seu objetivo. “É necessário que haja uma conversa franca com o professor, personal ou fisioterapeuta. Depois disso e de uma avaliação, a planilha de exercícios será montada para que o aluno alcance o que deseja dentro do seu limite”.

A modalidade pode ser uma boa forma de sair do sedentarismo. “Essa é uma atividade democrática, pois pode ser feita por quem é sedentário e por pessoas que já se exercitam. O mais interessante é que ela ajuda a fortalecer importantes regiões do corpo”.

Segundo ele, não há nenhuma restrição que não permita o uso do elástico. “Muitos educadores físicos e fisioterapeutas utilizam o instrumento para reabilitação de alguma área específica, mas de um modo geral, ele pode ser agregado à ficha dos alunos também na academia”.

Na prática
A advogada Marine Ribeiro é adepta à atividade física. Na academia, ela utiliza o elástico agregado aos exercícios de musculação. “Virou rotina. A princípio, comecei a usá-lo porque queria resultados rápidos e meu instrutor disse que poderia ajudar e, em poucas semanas, notei a diferença”.

Perna, bumbum e barriga foram as principais áreas que tiveram mudanças. “Os músculos foram ficando mais firmes, as pernas saltadas e os glúteos deram uma levantada. Isso me estimulou e decidi seguir com ele durante os exercícios”.

O elástico virou seu companheiro também fora da academia. “Tento ir 4 vezes na semana, mas quando não vou, faço séries mais leves em casa, todas ensinadas pelo meu instrutor. Aos fins de semana e feriado, consigo manter a rotina da prática. E, quando viajo, levo ele comigo na mala, não ocupa espaço e me deixa em dia com a academia”, conclui.

Nat Macedo
Belo-horizontina, 25 anos. Graduada em jornalismo pelo Centro Universitário Estácio de Sá, fez cursos de Consultoria de Imagem e Design de Moda. Há 5 anos criou um blog voltado para o público feminino. Interessada em assuntos relacionados à minoria, gosta de dar visibilidade as pequenas causas voltadas a inclusão e empoderamento destes nichos.