Home > Economia > 13º salário movimenta R$ 19,3 bilhões em Minas

13º salário movimenta R$ 19,3 bilhões em Minas

Para quem está no aperto financeiro nesse final de ano, o 13º salário chega como um alívio para o bolso. Muitos trabalhadores aguardam pelo dinheiro para quitar dívidas em atraso, fazer uma poupança ou até mesmo gastar. E conforme estimativa do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), o pagamento do benefício deve injetar cerca de R$ 19,3 bilhões na economia de Minas Gerais.

No estado, 8,6 milhões de trabalhadores receberão a gratificação. A fatia dos empregados formalizados será de 66,8% (R$ 12,9 bilhões) e a dos beneficiários do INSS, 23% (R$ 4,4 bilhões), enquanto a dos aposentados e pensionistas do Regime Próprio do Estado será de 8,8% (R$ 1,7 bilhão) e a dos do Regime Próprio dos municípios, 1,4% (R$ 300 milhões).

Quitar débitos
Praticamente três em cada 10 trabalhadores em Belo Horizonte vão utilizar a gratificação para o pagamento de contas em atraso. É o que constatou a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis de Minas Gerais (Ipead/UFMG). De acordo com o levantamento, 29,91% dos entrevistados disseram que irão pagar boletos em atraso ou dívidas com cartão de crédito, cheque especial, financiamentos, entre outros gastos. O percentual aumentou em relação ao ano passado, quando 25,77% usaram o dinheiro para colocar as contas em dia.
O valor é muito bem-vindo para a psicóloga Márcia Santos. “A empresa onde trabalho já efetuou o pagamento da metade do meu 13º. Usei o dinheiro para pagar algumas despesas de casa que estavam atrasadas e ainda sobrou uma quantia. Deixei guardado para alguma emergência, mas tenho planos de juntar e fazer uma viagem no fim do ano. Estou ansiosa para receber a segunda parcela”, conta.

O arquiteto Ricardo Pessoa também está contando com o benefício. “Sempre recebo tudo, de uma vez, no final de novembro. Já faço minhas contas e planejamento pensando nesse dinheiro. Vou poupar uma parte para contas obrigatórias de início de ano, como IPVA, IPTU e material escolar dos filhos. O que sobrar pretendo gastar com presentes de Natal, festas de fim ano e lazer com a família”.

Para o economista e especialista em finanças Fernando Silva, quando as pessoas recebem o dinheiro do 13º sempre pensam em gastar. “Isso é um grande erro e uma decisão precipitada, principalmente, dos que possuem alguma dívida. A prioridade deve ser quitar tudo o quanto antes para evitar que os juros cresçam. Nunca se deve fazer uma nova aquisição se você não conseguiu honrar com compromissos anteriores”.

Ele lembra que os brasileiros precisam se planejar e usar o benefício com cautela. “No início do ano as contas vão chegar. É IPTU, IPVA, matrícula escolar, compra de material, entre outros gastos. Isso tudo deve ser colocado na ponta do lápis para saber o quanto do montante deve ser separado para essas despesas. Caso ainda sobre algum dinheiro, o ideal também é colocar uma parte na poupança”.

Renegociação
Para quem está com contas em atraso terá a oportunidade de começar o ano no azul, sem nem mesmo precisar sair de casa. Isso porque o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) realiza até o dia 15 de dezembro o “Feirão On-line de Renegociação de Dívidas”. Os consumidores interessados em participar deverão fazer um cadastro no site www.spcbrasil.org.br/feirao e seguir as orientações. Também é possível verificar se a instituição em que está devendo faz parte do programa.

São mais de 120 empresas, desde bancos, consórcios, operadoras de telefonia, construtoras, supermercados e empresas do comércio e do ramo de serviços. As facilidades contemplam desde um desconto no valor da dívida, que em alguns casos podem chegar a 90%, até a possibilidade de um parcelamento maior ou um novo prazo para quitação.

Daniel Amaro
Formado em jornalismo, Daniel tem 25 anos e possui experiência em assessoria de comunicação voltado para produção de conteúdo para web. Ama escrever sobre política, cultura, economia e saúde. É apaixonado por jornalismo investigativo e estudar inglês. É perseverante e adora desafios. Seu hobby preferido é viajar.