Home > Cidades > 8º Fliaraxá homenageia os autores Machado de Assis e Valter Hugo Mãe

8º Fliaraxá homenageia os autores Machado de Assis e Valter Hugo Mãe

Crédito: Reprodução

Ainda não tem programa para o feriado de Corpus Christi? De 19 a 23 de junho, Araxá vai sediar a 8ª edição do Fliaraxá, evento que vai reunir mais de cem autores para debater literatura, o amor aos livros e as histórias. Neste ano, as discussões serão no Tauá Grande Hotel Termas da cidade e o tema é “Literatura, Leitura e Imaginação”.

O patrono desta edição é um dos mais importante escritores do país, Machado de Assis. A homenagem para ele deve-se ao fato de ser um dos fundadores e primeiro presidente da Academia Brasileira de Letras. Para o tributo a Machado, o atual presidente da entidade, o escritor Marco Lucchesi, estará em Araxá. “Machado de Assis é considerado, por muitos, o principal escritor brasileiro de todos os tempos. E, este ano, completa-se 180 anos de seu nascimento. Então, o elegemos como patrono e aproveitamos para adaptar a data da realização do evento com a comemoração do aniversário, 21 de junho”, diz o gestor cultural do Fliaraxá Afonso Borges.

Além do escritor brasileiro, o evento também vai abrir as portas para a literatura portuguesa com a homenagem a Valter Hugo Mãe, que lançará um livro no local. “A novidade fica por conta da parte visual, composta por ilustrações de Valter, que também é artista plástico. Todas feitas com exclusividade para o evento”.

No ano passado, o festival reuniu 30 mil pessoas e, para este ano, a expectativa é ainda maior. “A realização da Fliaraxá é a melhor resposta para aqueles que querem sufocar a cultura e calar a voz de um povo. O Brasil tem uma tradição na literatura reconhecida pelo mundo afora. Além disso, o nosso festival é o que promove a maior interlocução com a cultura lusófona. Ou seja, como dizemos, relacionamos o regional ao universal”.

Gastronomia

Além da literatura, o evento também contará com um espaço destinado à gastronomia. “A área será instalada na parte externa do Grande Hotel e vai ter o acréscimo de conteúdo focado na culinária mineira e da região. Serão convidados chefs, especialistas, jornalistas e pessoas da área para palestras e aulas. Um projeto vai alinhar a comida dos grandes clássicos aos jantares e palestras. As cervejas artesanais, os queijos, doces e demais componentes da chamada economia criativa também estão na pauta”.