Home > Cidades > Jacqueline Ávila assume a Fadecit com promessa de inovar a instituição

Jacqueline Ávila assume a Fadecit com promessa de inovar a instituição

Crédito – Neilton Sávio

No cargo de presidente da Fundação de Apoio e Desenvolvimento da Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais (Fadecit) desde o dia 12 de janeiro deste ano, Jacqueline Ávila promete uma gestão voltada para o campo da inovação à frente da instituição.

Mestre em Engenharia de Estruturas pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), ela já foi diretora da Escola de Design da Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG) e gerente técnica de Desenvolvimento da Fadecit. “Estamos em um processo de reestruturação, tanto do portfólio quanto dos clientes com quem vamos trabalhar neste ano”.

A Fadecit desenvolve projetos de pesquisa científica e tecnológica, viabilização de atendimento a pequenas e microempresas, ações amparadas por leis de incentivo à cultura, cursos de pós-graduação e extensão, além de realização de processos seletivos seminários, fóruns e outros eventos em parceria com a UEMG. Questionada sobre a possibilidade de privatização da universidade, Jacqueline acredita que isso ainda está longe de acontecer. “Desde a campanha do atual governador, fala-se sobre essa possibilidade. Porém, a UEMG é o maior polo de ensino público que há no Estado, por isso, acredito que a privatização da instituição não será tão imediata”.

Além da universidade, a fundação também implanta projetos e faz concursos em outras instituições públicas, como as prefeituras de Belo Horizonte, Itabirito, Araxá, Governo de Minas Gerais, Copasa, Cemig, Superior Tribunal de Justiça, entre outros órgãos.

Novidade

A Fadecit está localizada em um espaço de 4 mil metros quadrados e possui 4 pavimentos onde estão distribuídos nove salas de aula. A novidade é que a fundação está planejando ofertar cursos na sua sede, além de também investir no ensino à distância, aplicando em tecnologia e em uma equipe completa para tratar a necessidade do cliente, elaborando o diagnóstico da demanda, ofertando e desenvolvendo a melhor solução para o ensino-aprendizagem das equipes. “Já temos um estúdio para a gravação de videoaulas e as salas são interativas. Tudo para trazer o melhor resultado e aprendizado para quem está vendo”, finaliza a presidente.