Home > Acir Antão > Acir Antão

Acir Antão

Notícias de Brumadinho 

A vida em Brumadinho está voltando à normalidade, até porque o rompimento da barragem fica no distrito do Córrego do Feijão, portanto, não interfere no cotidiano comercial no centro da cidade.

“Tudo aqui está funcionando, inclusive o Hotel Horizonte Belo, onde não houve qualquer interferência advindo do referido desabamento”, garante o proprietário Márcio Mol.

PODER ECONÔMICO DA VALE – A história da Vale se confunde com a própria história de Minas. Antes, era a Itabira Iron, uma empresa americana, que foi nacionalizada por ocasião da entrada no Brasil na guerra contra a Alemanha e Itália, na década de 1940. Getúlio Vagas consentiu o desejo americano de instalar uma base militar em Natal e, com isso, negociou a construção da nossa primeira grande indústria siderúrgica, em Volta Redonda, para fabricação de aço e a mineradora, em Itabira, para fornecer o minério de ferro. Como estatal, a Vale do Rio Doce teve como primeiro presidente o engenheiro Israel Pinheiro Filho, estudante da Escola de Minas de Ouro Preto. A empresa foi presidida durante muitos anos pelo mineiro de Nova Era Eliezer Batista, pai de Eike Batista, que o Brasil todo conhece. No governo FHC, a Vale do Rio Doce foi vendida. No último ano como estatal, ela deu um irrisório lucro de R$ 57 milhões. Hoje, seu último balanço indica um lucro líquido de R$ 40 bilhões. Tirou o Rio Doce e virou Vale S.A., ao lado da Petrobras, uma das empresas mais poderosas do Brasil. Exportadora de minério de ferro e de outros minerais, a Vale comanda o quadrilátero ferrífero de Minas e explora no Estado e no Pará. Nos últimos tempos, ela pensou no lucro e se esqueceu da vida. Minas, por causa da chamada Lei Kandir, não recebe um tostão de ICMS, nosso principal imposto das exportações que saem daqui, como minério de ferro, ouro, manganês, soja, café, nióbio e o lítio, mineral importantíssimo na composição de carros elétricos, baterias automotivas e tantas outras commodities. Por causa de uma briga do prefeito de Nova Lima, Vitor Penido (DEM), os municípios mineradores passaram a receber royalties das mineradoras e a Vale, como a maior de Minas, é uma das principais colaboradoras desses locais, que vão herdar apenas buracos e mais nada no futuro. As cidades ficam diminutos diante do poderio da Vale. Itabira já sofre o esvaziamento econômico com o fim próximo da exploração de minério. Os políticos, sempre de pires nas mãos para suas campanhas, fazem o que a Vale quer, por isso as leis não andam e a proteção ao meio ambiente é esquecida até que acontecem tragédias como a de Brumadinho. O único deputado que levantou a voz contra a Vale foi João Vitor Xavier (PSDB) que tentou, na comissão de Minas e Energia da Assembleia, aprovar um substitutivo oriundo do Ministério Público e da adesão de populares que visava aumentar a possibilidade de fiscalização das mineradoras, mas seus colegas prontamente reprovaram fazendo o jogo das mineradoras.

DA COCHEIRA

O senador Carlos Viana, do PHS, revelou para esta coluna que a barragem de rejeitos da Vale, em Córrego do Feijão, se moveu 40cm em 6 meses. Os engenheiros perceberam isso e a direção da empresa sabia o que estava acontecendo. Os técnicos achavam que era um defeito no aparelho que fazia a medição da barragem.

A decisão do governador Romeu Zema (Novo) em dividir o 13º salário do ano passado em 11 pagamentos pode trazer consequências. As forças de segurança consideram parar.

Pegou mal a justiça não ter permitido que o ex-presidente Lula (PT) comparecesse ao funeral do seu irmão, Genival Inácio da Silva, o Vavá. Verdadeiramente, a justiça tem sido muito dura para com o ex-presidente.

Outro fato lamentável foi a declaração de Levir Culpi, técnico do Atlético, que, ao criticar a organização em permitir que um jogo seja realizado sob o sol de 11h, deu como exemplo o desmaio do jornalista Alberto Rodrigues da Rádio Itatiaia, em Divinópolis, por causa do calor. Levir disse que adorou o desmaio de Alberto. Já explicou e pediu desculpas.

ANIVERSÁRIOS

Domingo, dia 03 de fevereiro

Afonso de Araújo Paulino (Minhoca)

Dr. Breno de Castro Ferreira Junior

Dr. Fábio Rodrigues Nascimento

Jornalista Solange Bastos

Cristiane Nobre

Segunda-feira, 04

Oswaldo Ribas – Câmara Municipal de BH

Helder Vasconcelos Guimarães

Senhora Vanda Moreira Pessoa Duarte

Senhora Zulma Braga de Oliveira

Jornalista Amanda Antunes – Rádio Itatiaia

Terça-feira, 05

Empresário Carlos Barcelos

Rui Cunha – Contagem

Radialista Milton Teodoro – Pascoal

Eliza Costa Durval

Quarta-feira, 06

Eustáquio Diniz – Contagem

Antônio Pedro – Assembleia

Márcio Normam

Quinta-feira, 07

Delegado Sebastião Francisco dos Santos

Senhora Zerita Bareto

Heitor Pichione

José Agenor Cançado Soares – Nozinho da Almg

Dayse Ricardo

Sexta-feira, 08

Ester Carneiro Naves

Engenheiro Messias Braga

Mario Ramos Vilela

Cadú Doné – Rádio Itatiaia

Sábado, 09

Radialista Tião Moreno

Breno de Faria Pimenta

A todos, os nossos parabéns!