Home > Economia > Vendas do e-commerce na Black Friday deve chegar a R$ 2,43 bi

Vendas do e-commerce na Black Friday deve chegar a R$ 2,43 bi

A Black Friday, um dos principais eventos para o e-commerce brasileiro está se aproximando e deve voltar a bater recorde de faturamento. De acordo com o levantamento da Ebit/Nielsen, a expectativa é vender R$ 2,43 bilhões em 2018, um crescimento de 15% na comparação com o ano passado. Os números vêm aumento a cada edição, reforçando que a data está cada vez mais consolidada no país.

A data é muito popular nos Estados Unidos, onde as pessoas fazem longas filas nas portas das lojas físicas. Por aqui também acontece, no entanto, o principal canal de vendas durante a data é o e-commerce. Em 2017, 52% das pessoas entrevistadas fizeram suas compras em uma loja online e 57% delas pesquisaram os produtos de interesse na internet antes de concluir a aquisição. Este ano, o número de pedidos na web pode chegar a 4 milhões, com tíquete médio de R$ 607,5.

O evento está marcado para o dia 23 de novembro, mas já é possível acessar a página na internet das lojas de varejo mais populares do país para verificar uma prévia dos itens que vão entrar em promoção. E são os mais diversos produtos como eletrodomésticos, eletrônicos, smartphones, móveis e muito mais. Algumas prometem descontos que podem chegar a 80%.

O levantamento da Ebit/Nielsen também mostrou que 88,6% dos e-consumidores têm intenção de comprar na ocasião. E, apesar da proximidade com o Natal, a Black Friday não representa perigo para as vendas de dezembro, já que continua sendo, majoritariamente, usada para compras de uso próprio para 69% das pessoas.

No que diz respeito ao comportamento dos e-consumidores, 46% afirmaram que vão fazer suas aquisições na sexta-feira (23) e outros 22% indicaram que preferem comprar entre os dias 24 e 30 de novembro. Há também 3% que vão garimpar promoções pré-Black Friday entre os dias 16 e 22 do mês.

 

A esteticista Natália Fonseca é uma dessas pessoas que vai aproveitar o dia de ofertas para encher o carrinho. “Estou esperando ansiosa pelas promoções. Todo ano sempre acompanho, pesquiso bastante em vários sites e comparo com a loja física também. Ano passado comprei uma Smart TV, porque o preço estava bem em conta. Com o desconto, paguei cerca de R$ 1.200 e ainda dividi no cartão sem juros e frete grátis. Este ano estou pensando em adquirir uma mesa de jantar”.

O designer gráfico Bruno Oliveira também aguarda pela Black Friday. “Como a data é próxima ao Natal pretendo comprar algumas coisas, desde que as ofertas estejam realmente boas. Estou pensando adquirir um notebook mais moderno, mas ainda tenho um pouco de receio, pois muitas lojas aumentam o preço do produto para aplicar os descontos. Isso é só enganação para atrair cliente e vender mais”, finaliza.

 

Daniel Amaro
Formado em jornalismo, Daniel tem 25 anos e possui experiência em assessoria de comunicação voltado para produção de conteúdo para web. Ama escrever sobre política, cultura, economia e saúde. É apaixonado por jornalismo investigativo e estudar inglês. É perseverante e adora desafios. Seu hobby preferido é viajar.