Home > Geral > Reforço positivo: descubra como esse comportamento pode mudar sua vida

Reforço positivo: descubra como esse comportamento pode mudar sua vida

Crédito: Reprodução/Internet

 Às vezes, optamos por dar mais ênfase em algo que está ruim do que naquilo que é bom. Mas, você já pensou em fazer o contrário? É justamente o que propõe a técnica do reforço positivo. “É uma recompensa que damos para retribuir um determinado comportamento ou mudança de atitude”, explica o neuroterapeuta Tuiã Linhares.

Ele ressalta que essa linha de pensamento não é unanimidade entre os profissionais da área, porém Linhares acredita que essa seja a melhor maneira de mudar um comportamento em longo prazo e que pode ser utilizado em todos os segmentos do dia a dia, como no trabalho, relacionamento pessoais, religião etc. “O reforço positivo trabalha com o princípio da motivação, principalmente se a recompensa for no mesmo nível de energia que a pessoa teve que fazer para conquistar aquilo ou alcançar uma mudança”.

O neuroterapeuta acrescenta que não adianta dar duro para fazer algo e não ser recompensado à altura.  “Além disso, tem a questão do nível do desafio, porque quando pensamos em mudanças em longo prazo, sobretudo se o objetivo é manter as pessoas motivadas, é importante que os níveis de desafios sejam compatíveis com as habilidades”.

Linhares reitera que essa metodologia surgiu de uma linha recente de pensamento da psicologia. “Durante muito tempo, a psicologia era enviesada, porque focava apenas nas doenças e limitações, mas, às vezes, podemos conseguir resultados melhores quando damos destaque para algo positivo e de crescimento. Por exemplo, um aluno que tirou notas boas em todas as matérias, mas o resultado em matemática foi ruim, quase sempre os pais vão enfatizar essa nota baixa. A sociedade, no geral, tem a tendência de não dar destaque para o que é bom”.

Reforço positivo com animais

A adestradora Isabela Jardim utiliza essa técnica para trabalhar com gatos e cachorros. Trabalhando nesse segmento há 8 anos, ela afirma que nunca precisou utilizar outro método de treinamento. “Cientificamente, esse é o procedimento mais eficaz em relação aos demais. Além disso, sempre vou priorizar a metodologia que traz menos dor, ansiedade e mal estar aos animais e, por fim, tem excelentes resultados em curtos e longos prazos”.

Além de usar o reforço positivo como metodologia de trabalho, Isabela conta que tenta utilizá-lo também no relacionamento com as pessoas. “Tento sempre recompensar quem está ao meu redor quando gosto de uma atitude, seja com um elogio ou até uma lembrança, mas confesso que, às vezes, esqueço”, finaliza.