Home > Vigílias > Vigílias

Vigílias

Tucano sem verba
Consta nos bastidores da política mineira que o candidato ao governo, Antonio Anastasia (PSDB) se sente frustrado em relação a seu parceiro de partido, o presidenciável Geraldo Alckmin. “Anastasia esperava mais investimento da sigla nacional em sua campanha, mas Geraldo não topou”, comenta um deputado do PSDB. O jeito é tocar uma campanha franciscana, acrescenta o interlocutor.

Notícias falsas
Falando ao programa Cena Política, da BHNews TV, Luciana Andrade, da comunicação social da PUC Minas, comentou que, em sua opinião, mesmo com todo aparato montado pelo Tribunal Regional Eleitoral será muito difícil evitar a circulação de notícias falsas durante as eleições.

Redes sociais destrutivas
O comentarista de Brasília, Gerson Camarotti, prevê uma tendência para as eleições este ano: as redes sociais vão se tornar uma espécie de “campo de destruição de políticos”, pois os candidatos irão se preocupar apenas em destruir os adversários ao invés de firmarem suas propostas. É aguardar para conferir, claro!

Guerra à brasileira
Números oficiais apontam uma média de 64 mil mortos todo ano no Brasil. A guerra do Vietnã contabilizou cerca de 5 mil óbitos. Ou seja, é como se estivéssemos em uma permanente guerra. Cruz credo, gente!

Matança desenfreada
Do alto de sua experiência, Maristela Basso, professora de Assuntos Internacionais da USP, comenta: “É inacreditável saber que as estatísticas confirmam que, lamentavelmente, o Brasil é o país que mais mata os próprios brasileiros em todo o mundo. Um horror!”, lamenta.

Futuro comprometido
Caso o governo federal promova cortes no orçamento do Ministério da Educação, a medida vai impactar negativamente o financiamento de bolsistas, especialmente os alunos que participam de pesquisas científicas. “Serão 200 mil prejudicados. Isso é um absurdo. Um país sério nunca deveria procurar comprometer seu próprio futuro”, sentencia Sebastião de Pádua, professor de Física da UFMG.

Condenando a violência
“Diante de um pedido de socorro, o vizinho, o porteiro de prédio, o zelador ou qualquer outra pessoa tem a obrigação de tentar ajudar. Se isso fosse feito, muitas vidas poderiam ser poupadas, principalmente dessas mulheres que têm morrido vítimas de violência doméstica”, opinião do historiador paulistano Marco Antonio Villa.

Mares Guia de volta?
No Café “Boca de Pito”, no edifício 5ª Avenida, na Savassi, em BH: o ex-ministro Walfrido dos Mares Guia, a pedido do ex-presidente Lula (PT), estaria atuando nos bastidores, visando aquecer a campanha do PT, em Minas Gerais. A informação precisa ser confirmada, mesmo porque seu irmão, João Batista, é candidato também ao Palácio da Liberdade, pelo partido Rede Sustentabilidade. Mas, como em política mineira tudo é possível, então, fica o dito pelo não dito.

Presidente cruel
Um dos jornalistas mais bem informados da política mineira, Carlos Lindenberg confessa: “Quando o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (Democratas), esteve em BH para forçar seu colega de partido Rodrigo Pacheco a desistir de sua candidatura, passando a apoiar Anastasia (PSDB), o diálogo foi curto e grosso: ‘Se você insistir em candidatura própria ao governo, não terá um tostão furado da direção nacional da sigla’”. Aí, Pacheco colocou a viola no saco e anunciou a sua renúncia. Coitado dele, sô!

Condenando o STF
“É triste saber que as autoridades de Brasília não se preocupam com o fato de termos 13 milhões de desempregados. Apesar disso, ainda vem os ministros do Supremo Tribunal Federal propor aumento de mais de 16% em seus salários. Isso é de uma falta de sensibilidade descomunal. É zombar da vida dos mais humildes”. Opinião de Dimas Ramalho, conselheiro do Tribunal de Contas de São Paulo, durante programa de TV.

Judiciário 
Na avaliação do cientista político e consultor econômico Ricardo Sennes, de São Paulo, o judiciário se desgasta com esses pedidos de aumento como o de agora. Mas, o pior, em sua avaliação, é que o judiciário também tem agido de maneira muito coorporativa, deixando o interesse coletivo em segundo plano. Cruz credo, pessoal!

Candidatura mantida
Em Juiz de Fora, a indagação é se o ex-secretário de governo na administração de Marcio Lacerda (PSB), Vitor Valverde se manterá candidato a deputado estadual até o fim na atual campanha.

Déficit na PRF
“Não há como garantir a fiscalização nas estradas brasileiras, sobretudo para permitir mais segurança às pessoas, se a Polícia Rodoviária Federal registra um déficit de mais de 3 mil agentes. Tem que acabar com essa situação e encontrar uma solução para essa realidade”. Opinião do deputado carioca Chico Alencar (PSOL), durante aparição em uma rede de TV.
Observação: O governo federal sempre alega falta de dinheiro para poder contratar mais pessoas com a finalidade de complementar o quadro da famosa PRF.

Números complicados
Um levantamento das entidades que fiscalizam as ações e realizações do poder público, comprovam uma triste realidade: De cada R$ 10 investidos no ensino público, vindo do governo federal, apenas R$ 2 chegam ao seu destino final, ou seja, para beneficiar diretamente cada aluno. Eu, hein!?

Reforma política
Para mudar o Brasil seria necessário uma reforma política profunda, com possibilidade de oferecer alternativas de mudanças para os eleitores. Porém, melhorias “maquiadas”, como foram as últimas não levam a nada. Opinião do cientista político Gaudêncio Torquato.

Sem ditadura
É impossível achar que um ditador seja a solução para acabar com os problemas do Brasil. Isso não deu certo em lugar nenhum do mundo. É pura balela, vaticina o filósofo Luiz Felipe Pondé.

Senadores denunciados
Segundo o jornalista Merval Pereira, dos atuais 81 senadores, 44 respondem a algum tipo de denúncia em diferentes instâncias da justiça. Vê se pode gente?!

Investimento em educação
Anos depois, o investimento feito em educação pode ajudar a reestruturar a própria economia do Brasil. Esse é o raciocínio do professor Marco Flávio Resende da UFMG. Será professor?

Nat Macedo
Belo-horizontina, 22 anos. Graduanda em jornalismo pelo Centro Universitário Estácio de Sá, fez cursos de Consultoria de Imagem e Design de Moda. Há 3 anos criou um blog voltado para o público feminino. Interessada em assuntos relacionados à minoria, gosta de dar visibilidade as pequenas causas voltadas a inclusão e empoderamento destes nichos.