Home > Economia > Mercado brasileiro de beleza é o terceiro maior do mundo

Mercado brasileiro de beleza é o terceiro maior do mundo

Na contramão dos resquícios da retração econômica, o mercado brasileiro de beleza segue em expansão. Atualmente, o segmento no país é o terceiro maior do mundo, atrás apenas da China e dos EUA. Uma pesquisa feita pelo Euromonitor aponta que, nacionalmente, o setor deve registrar um crescimento acumulado de 14,3% até 2020, uma média de 2,7% anualmente, considerando os últimos 5 anos. Outro estudo da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC) mostrou que o faturamento deste ano deve ultrapassar 8%.

Somente no ano passado, o setor faturou cerca de R$ 60 bilhões. O responsável pela organização da Professional Fair e diretor da Fire Eventos, Alexandre Araújo, afirma que o mercado segue crescendo. “A procura por novos procedimentos e produtos que promovam a beleza faz parte da rotina dos brasileiros que estão cada vez mais preocupados com a aparência”.

Outro destaque para o setor é a facilidade em encontrar capacitação para os profissionais. Foi o que notou a cabeleireira Andressa Resende. “Já com 26 anos, vi minha vida passando e eu gastando tempo com o que eu não gostava. Hoje, meu objetivo é trabalhar por amor, apesar de saber que o ramo da beleza traz um bom retorno financeiro”.

Essa facilidade de entrar para o ramo acirra a concorrência. Por isso, é fundamental manter uma constante atualização. Esse é um dos objetivos da Professional Fair, maior feira de beleza, que vai contar com cerca de 160 empresas, representando mais de 330 marcas com expectativa de 55 mil visitantes. “A feira esse ano vai ter congressos e outras ações voltadas justamente para a capacitação do profissional. Além da oportunidade de fazer negócios com as empresas que estarão expondo tudo o que há de novidade e lançamento no setor”.

Esse contato direto com os empresários é uma das vantagens que o profissional encontra ao ir à feira. “A pessoa pode negociar diretamente com os representantes da marca. Isso faz com que ele analise melhor o preço, por exemplo”.

A Professional Fair acontece nos dias 8 a 10 de julho, no Expominas, em Belo Horizonte.

Feiras promovem o turismo
Além dos negócios e capacitação, as feiras comerciais são responsáveis por fomentar parte do turismo de negócios, setor que está em expansão no país. O Ministério do Turismo (MTur) estima que cerca de 25,3% dos turistas que procuram o país são motivados por negócios, sendo que esse público gasta US$ 102,18. A região Sudeste se destaca pela realização do maior número de feiras brasileiras, sendo São Paulo o local que mais sedia eventos.

Já uma pesquisa da Federação Brasileira de Convention & Visitors Bureaux (FBC&VB), em parceria com o Sebrae revelou que, no Brasil, são promovidos aproximadamente 325 mil eventos ao ano, movimentando cerca de R$ 3,7 bilhões em negócios, gerando mais de 730 mil empregos diretos e indiretos.