Home > Geral > Uma a cada três pessoas se arrepende de ter feito tatuagem

Uma a cada três pessoas se arrepende de ter feito tatuagem

tatuagem

Sabe aquele conselho que, antes de fazer uma tatuagem, deve-se pensar bem para não se arrepender? Então, leve-o a sério! Segundo estudo feito no Reino Unido, mais de um terço das pessoas que são tatuadas se arrependem do que fizeram.

Os pesquisadores entrevistaram 580 pessoas: 45% disseram que tinham feito a primeira entre os 25 e 40 anos, metade tinha mais de uma e a maioria foram feitas por tatuadores profissionais. Além disso, a maior parte das pessoas que se arrependeram fizeram o desenho quando eram jovens e afirmaram também que o local escolhido para o procedimento não era o mais adequado.

Quebrando tabus:
Recentemente, o Papa Francisco impressionou o mundo, mais uma vez, com sua fala. O pontífice aconselhou os jovens que se tornarão padres a “não terem medo de tatuagens” e a usá-las como ponto de partida para conversas e de modo a encorajar o diálogo.

Porém, caso você não tenha seguido esse conselho, fez uma tatuagem e se arrependeu do desenho, há saída para isso: a cobertura ou remoção à laser.

Cobertura

A tatuadora Cláudia Barbosa, conhecida como Kakau, conta que, desde que abriu o estúdio, a procura por cobertura é grande, principalmente por pessoas que tatuaram nomes de ex-namorados e maridos ou aquelas muito antigas que estão borradas. “Para cobrir uma tattoo depende do estado em ela está e o que dá para fazer. Normalmente, quando vai tampar, tem que ser um desenho maior para não ficar escuro”.

Ela diz que há pedidos muito variados sobre os desenhos das coberturas, porém nem tudo pode ser aplicado. “Por exemplo, é muito difícil cobrir uma tatuagem com uma mandala porque elas são vazadas. Cada caso é único. Tenho que avaliar a figura, como está o traço e a coloração. Tem vezes que eu não aconselho nem a cobertura. É melhor a pessoa clarear com algumas sessões de laser e depois fazer o desenho por cima”.

O valor para cobrir uma tatuagem varia de acordo com o desenho que vai ser colocado por cima e a quantidade de sessões necessárias para isso.

Remoção à laser
Outra opção para quem quer se livrar de uma tatuagem é a remoção à laser e esse processo visa apagar o desenho indesejável por completo. Fernanda Rocha, fisioterapeuta especialista em dermartofuncional, explica que o tratamento é feito pela remoção a choque, no qual ele quebra as células que possuem o pigmento e elas são englobadas pelas outras partículas. “O resultado não é imediato e demora, em média, 21 dias para começar a fazer efeito após a primeira sessão”.

Fernanda reitera ainda que o valor de cada sessão depende do tamanho, estado da tatuagem e pode variar de R$ 99 a R$ 1 mil. “O ideal é fazer pelo menos três procedimentos para ter certeza de quanto será gasto, pois em um desenho pode ter várias cores e tonalidades diferentes”.

A analista de negócios Beatriz Teixeira passou por esses dois procedimentos para se livrar de uma tatuagem. Ela conta que tinha formiguinhas desenhadas no pé. “Eu até gostava delas, mas fiz muito jovem, em um local barato e com profissional que não tinha referências. Com o passar dos anos, elas ficaram manchadas”.

Beatriz relata que tentou fazer uma cobertura para renovar a tatuagem antiga, porém ela não ficou do jeito que queria. “Estou removendo a parte que ficou feia, justamente a que tem cobertura. Já fiz 12 sessões e estou gostando do resultado”.

Ela diz que a dor do procedimento de remoção é quase a mesma de se fazer um desenho novo. “Vale a pena, porque para chegar a remover é que incomoda muito. Existe uma dor, mas é de boa”.

Dicas antes de fazer uma tattoo:
1- Pense bem no desenho e no local onde será tatuado;
2- Procure um profissional com boas referências e trabalho sólido;
3- Não economize nesse processo;
4- Cuide para que a tatuagem cicatrize bem.
Não se esqueça! Tatuagem é algo que deve ser feito com responsabilidade!