Home > Economia > Pesquisa aponta que brasileiros estão mais otimistas para 2018

Pesquisa aponta que brasileiros estão mais otimistas para 2018

O fim de 2017 trouxe para os brasileiros a sensação de que o pior da crise financeira já passou. Segundo pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), mais da metade dos brasileiros, (54%), estão otimistas com o cenário econômico de 2018 e 58% acreditam que a vida financeira também será melhor.

O educador financeiro do SPC Brasil José Vignoli afirma que essa sensação positiva em relação à economia se deve pela diminuição da inflação, principalmente a que atinge o preço dos alimentos e a queda dos juros. “Mesmo que de maneira tímida, também houve recuperação do emprego, seja ele formal ou informal. Isso faz com que o comércio gire e crie um circulo virtuoso para a população”.

Ademais, o estudo aponta também que as principais metas financeiras para este ano são juntar dinheiro (45%) e sair do vermelho (27%). Vignoli acrescenta que esses objetivos devem-se ao fato de que nos anos anteriores houve uma redução na liberação de crédito. “As pessoas tiveram que se adequar a essa nova realidade e aquelas que dependiam, exclusivamente, de empréstimos ou cartão de crédito foram obrigadas a adaptar-se para conseguir obter mais crediário”.

O educador salienta que, diante das dificuldades enfrentadas pelos brasileiros nos anos de crise, fez com que as pessoas repensassem sobre os hábitos de consumo. “É justamente para recompor uma reserva de segurança que eventualmente existia e que foi usada para tapar buracos no orçamento ou pagar créditos. As pessoas sentem a necessidade, algumas por conta da experiência amarga do endividamento, de retomarem uma poupança para que possam levar a vida de uma forma mais tranquila”.

Fonte: SPC Brasil/ CNDL

Ano de investimentos
O analista de sistemas Luiz Carlos Braga acredita que 2018 será um ano melhor em relação a 2017. Ele conta que ano passado foi um período difícil. “Tive que mexer no dinheiro guardado na poupança, já que nem todos os meses davam para pagar as contas. Gasolina, imposto, alimento aumentando, além das bandeiras que mudavam os preços nas contas de luz. Foi um ano complicado de se guardar dinheiro”.

Para este ano, ele pretende investir em mais cursos e especializações na sua área. “Apesar da economia brasileira não estar colaborando muito para realização de sonhos, um título a mais, por exemplo, podem garantir um salário melhor. Além disso, investi dinheiro em criptomoedas, mas o mercado é muito oscilante e eu realmente devo optar por deixá-lo na poupança”.

Ademais, Luiz acredita que em 2018 poderá realizar o sonho de ter o seu próprio negócio. “Pretendo vender ou trocar um terreno que tenho e comprar um lote mais próximo para conseguir montar meu próprio empreendimento”, finaliza.

Dicas para juntar dinheiro neste ano:
Segundo Vignoli, o planejamento financeiro é o principal item para conseguir ter aquela reserva para as emergências. “Deve-se saber para onde está indo o dinheiro. Além disso, é necessário evitar excesso de parcelamentos, verificar o uso do cartão de crédito e ficar de olho nas tarifas para evitar o endividamento por inocência”.
Aplicativos que ajudam no planejamento financeiro:
1- GuiaBolso (iOS e Androide);
2- Tippz (Android);
3- Minhas Economias (Android e iOS)
4- Mobills (Android e iOS)
5- Organizze (Android e iOS)
Cell_Content
Cell_Content