Home > Cidades > Belo-horizontinos confundidos com Uber em Porto Seguro tiveram o carro atacado

Belo-horizontinos confundidos com Uber em Porto Seguro tiveram o carro atacado

As férias com amigos e familiares não acabaram bem para o psicólogo, Renato Palhares. Eles foram para Porto Seguro – Bahia, e alugaram um carro para ter mais comodidade. Na hora de retornar para casa, foram atacados por um grupo de taxistas, a caminho do aeroporto, alegando que eles trabalhavam para a Uber. O fato aconteceu na quinta-feira (30), semana em que o aplicativo começou a funcionar na cidade.

A filha de Renato, Nicole Palhares disse a reportagem que eles perderam o voo e ainda foram ameaçados pelos taxistas. “Quando saímos do hotel para ir até o aeroporto percebemos que um taxista estava nos seguindo e logo a frente vimos uma manifestação. Nos mandaram parar e começaram a chutar o carro. Fizemos o boletim de ocorrência, fomos escoltados pela polícia até a delegacia e depois até o hotel. Ficamos com medo de sair do quarto e tivemos que ficar na cidade mais um dia”.

Devido ao incidente, Nicole disse que tiveram que gastar mais de R$ 2 mil. “Como perdemos o voo tivemos que arcar com hospedagem, comprar outra passagem além dos custos com alimentação”.

O fato abalou a família que teve medo de permanecer na cidade. “No hotel um taxista apareceu e disse a seguinte frase: “fiz e faço novamente”. Além disso, eles tiraram fotos do nosso rosto. Nunca passei por isso”, conta Nicole.

 

Recorrente

Não é a primeira vez que há conflito devido ao início do funcionamento do aplicativo nas cidades. Atualmente, em Belo Horizonte não há desentendimentos registrados.

Procuramos a assessoria do Uber e nos informaram por telefone que iriam se pronunciar por meio de nota. Mas até o fechamento dessa matéria não recebemos retorno.

Ariane Braga
Apaixonada por animais, mercado econômico e educação. Tem 29 anos, graduou-se em jornalismo e cursou MBA em marketing na Unopar. Tem experiência de mais 8 anos na área de comunicação e marketing, com a elaboração de projetos, assessoria de imprensa, redação e edição de jornais e revistas, planejamento e monitoramento de mídias sociais, comunicação interna e fotografia.