Home > Destaques > Minas já está em ritmo da sucessão presidencial

Minas já está em ritmo da sucessão presidencial

Lula no Estado

A recente visita do ex-presidente Lula (PT) a Minas acendeu o estopim da sucessão presidencial de 2018 no Estado, onde o petista não ficou apenas em contato de cúpula como os seus possíveis concorrentes.

O ex-chefe do executivo nacional se postou como pré-candidato nas inúmeras cidades por onde passou. Em alguns casos, Lula foi vaiado, porém, na grande maioria, o petista foi ovacionado pela população carente de liderança nacional, já que o atual presidente da República, Michel Temer (PMDB), não tem proporcionado a devida importância aos mineiros.

Em geral, Lula buscou reconquistar a confiança do eleitor com a promessa de voltar a comandar o Brasil e então: “Regressar com todas as conquistas sociais retiradas do povo neste governo golpista”, prometeu.

Minas Gerais, seguramente por representar o segundo colégio eleitoral brasileiro, tem sido pautada pelos pretensos candidatos à sucessão nacional. Essa lista de visitantes teve início com a presença do representante do Partido Verde, Álvaro Dias e do prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB). Posteriormente, foi a vez do governador paulistano Geraldo Alckmin (PSDB), seguido pelo ex-ministro Ciro Gomes (PDT) e do deputado Jair Bolsonaro (PSC).

Em todas essas oportunidades, foram feitos contatos apenas com lideranças políticas, algo mais próximo à burocracia e bem diferente do que aconteceu com o petista, que percorreu as regiões mais pobres de Minas junto a prefeitos, vereadores, lideranças regionais, o governador Fernando Pimentel (PT) e uma dezena de parlamentares de diferentes partidos.

PT de Minas

A presidente estadual do PT, Cida de Jesus, fez seguinte comentário sobre a presença de Lula em Minas: “Com muita esperança e com o povo, assim foi a Caravana Lula Pelo Brasil em Minas Gerais. Em 8 dias de estrada, percorremos mais de 1800 km e visitamos 20 cidades. Ouvimos de perto os anseios da população do Estado. Por onde passamos, escutamos do povo relatos emocionantes. Gente que só pode ter acesso à moradia digna por meio do ‘Minha Casa Minha Vida’ e à educação pelos programas implementados durante os governos do PT, que mudaram a cara do Brasil e que, agora, estão sendo interrompidos por políticas de retrocesso de Temer”.

“Os mineiros mostraram que reconhecem o que os governos petistas fizeram pelo Brasil e por Minas Gerais. Por isso, Lula lidera todas as pesquisas para 2018”, afirmou a presidente.


Por onde a caravana passou?

As 20 cidades foram: Ipatinga, Periquito, Governador Valadares, Teófilo Otoni, Catuji, Padre Paraíso, Itinga, Itaobim, Araçuaí, Coronel Murta, Rubelita, Salinas, Francisco Sá, Montes Claros, Bocaiuva, Olhos D’Água, Couto Magalhães, Diamantina, Cordisburgo e Belo Horizonte.