Home > Destaques > Alugar ou comprar um imóvel?

Alugar ou comprar um imóvel?

Como saber se comprar é melhor do que alugar um imóvel? Essa é uma pergunta que milhares de pessoas se fazem todos os dias, mas hoje a dúvida será respondida pelo professor de economia do Centro Universitário Estácio de Belo Horizonte, Alessandro Patto. “É preciso dividir o valor do aluguel pelo preço do imóvel e depois multiplica-lo por 100 (valor do aluguel / preço do imóvel x 100). O que sobra é o que chamamos de taxa de retorno. Você deve compará-la a uma aplicação de mercado, com a Selic de 8,24%, a poupança renderia 0,5% ao mês. Se esse rendimento for maior que a taxa de retorno, é mais vantagem alugar uma casa e aplicar o restante. Se for o contrário, então comprar e pagar é a melhor opção”.

Para o vice-presidente das Administradoras de Imóveis da Câmara do Mercado Imobiliário e Sindicato das Empresas do Mercado Imobiliário de Minas Gerais (CMI/Secovi-MG), Leirson Cunha, uma das maiores vantagens em morar de aluguel é a mobilidade. “Se você precisar mudar por causa de emprego, família ou qualquer questão é mais fácil. Fora isso, não impacta um capital tão alto inicialmente, sobretudo, hoje, que é possível fazer locações, inclusive, sem depender de fiadores”.

Ele acrescenta que, devido à dificuldade de se encontrar lotes para comprar, o mercado de aluguel tem sido uma opção, principalmente para quem quer morar em casa. “Muita gente quer um lugar espaçoso e próximo a centros urbanos, mas é difícil encontrar um espaço para construir, então o aluguel acaba sendo uma saída”.

Foi o que aconteceu com a frentista Giovanna Bonfatti. Ela conta que os terrenos que encontrava eram afastados da cidade e do trabalho. Acabei optando pelo terreno que, além de ser perto, posso construir do meu jeito. Quero investir em algo que é meu, no entanto, moro há 3 anos de aluguel e nunca vi desvantagem”.

Números:
Estima-se que do 1,6 milhão de residências de Belo Horizonte e Região Metropolitana, 17,8% seja alugado. Deste grupo, cerca de 30,5% compromete 30% do faturamento total apenas para quitar o aluguel, o que não é aconselhável.

Paralelamente a isso, o mercado de vendas de imóveis teve quatro vezes mais destaque que o de lançamento. No primeiro semestre foram vendidos 1.262 apartamentos, enquanto que apenas 327 unidades foram lançadas. Em junho de 2016, o estoque de apartamentos novos disponíveis para venda em Belo Horizonte e Nova Lima era de 5.112 unidades. No mesmo período deste ano esse número foi reduzido para 3.868. Dessa forma, observa-se uma queda de 24,33%.

Precaução
Para que não se tenha problemas na hora de alugar um imóvel, Cunha explica que é interessante fazer a negociação por meio de uma empresa especializada. “Um agente imobiliário ou uma corretora, porque durante o processo, a pessoa pode enfrentar problemas como um defeito na construção e, com um profissional, resolver tudo isso é mais tranquilo. Além disso, os especialistas tomam conta de toda documentação, como, por exemplo, o seguro de prevenção de incêndio”.

Decidi alugar e agora?Quero comprar, o que devo fazer?
Conheça o local antes. Visite-o durante o dia e a noite e em dias alternados. Antes de tudo, junte dinheiro para facilitar o pagamento.
Procure imóveis que estão disponíveis com exclusividade para não correr o risco de outra pessoa alugá-lo. Veja se as documentações do imóvel estão em dia
Se informe com relação às garantias locatícias. Confira se ele poderá ser transferido para o seu nome.

 

ATENÇÃO
Fuja de ofertas mirabolantes. Se a venda ou locação for muito abaixo da média, desconfie.

Até o fechamento da matéria, a taxa Selic caiu para 7,5%.

Natália Macedo
Belo-horizontina, 22 anos. Graduanda em jornalismo pelo Centro Universitário Estácio de Sá, fez cursos de Consultoria de Imagem e Design de Moda. Há 3 anos criou um blog voltado para o público feminino. Interessada em assuntos relacionados à minoria, gosta de dar visibilidade as pequenas causas voltadas a inclusão e empoderamento destes nichos.