Home > Colunas > QUEM SABE, SABE

QUEM SABE, SABE

PINGUIM DOMINANTE

A Savassi é conhecida por um ambiente composto por hotéis, boutiques finas, casas de cafés especiais e restaurantes de luxo. Um dos destaques da denominada Zona Sul de BH é a chopperia Pinguim, com um atendimento de primeira, pratos especiais durante o almoço. Tudo isso em um ambiente espaçoso e pra lá de aconchegante. Esta realidade faz com que o lugar se torne um ponto de referência para quem gosta de boa comida e da vida noturna, pois lá está disponível o mais famoso chopp do Brasil.

ROQUEIRA NA JUSTIÇA

Lembra que, em 2012, durante um show em Aracaju (SE), a cantora Rita Lee xingou policiais militares que trabalhavam no evento por discordar da postura deles? Pois bem. A Terceira Turma do STJ vai analisar o recurso da cantora na ação em que foi condenada a indenizar em R$ 5 mil um dos policiais.

 

DOIS LADOS DE UMA EPIDEMIA

Dois relatórios divulgados por instituições ligadas á Organização das Nações Unidas (ONU) trazem visões antagônicas sobre a epidemia global de HIV, o vírus causador da AIDS. Em um deles, o programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids (Unaids) comemora avanços na luta contra a doença rumo a seu ambicioso objetivo de acabar com a epidemia até 2030. Já no outro, a Organização Mundial da saúde (OMS) alerta para o crescimento da resistência do vírus aos principais remédios usados para combatê-lo, o que ameaça o cumprimento desta meta. Segundo o Unaids, o número de novas infecções por HIV ficou em 1,8 milhões em todo mundo no ano passado, o menor já registrado e 16% inferior as estimadas em 2010. Já a quantidade de mortes em decorrência da AIDS caiu quase pela metade desde o pico de 1,9 milhão em 2005, somando um milhão em 2016. Além disso, pela primeira vez desde o início da epidemia mais da metade das pessoas que convivem com HIV, no planeta tem acesso aos tratamentos antirretrovirais, num total de 19,5 milhões de pacientes em um universo de 36,7 milhões de infectados.

BANDEIRA VERMELHA É ACIONADA, E CONTA DE LUZ SUBIRÁ

A conta de luz de todos os brasileiros ficará mais cara em agosto. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou que a bandeira tarifária, que será aplicada nas contas de energia no próximo mês, será vermelha. Ou seja, haverá cobrança extra de R$3 a cada cem quilowatts-hora (KWh) consumidos. A bandeira vermelha é ativada quando é preciso acionar mais usinas termelétricas, devido à falta de chuvas. Os consumidores devem intensificar o uso eficiente de energia elétrica e combater os desperdícios neste período a fim de compensar  a sobretaxa, recomendou a Aneel. A situação dos reservatórios, um dos itens que compõem a tarifa de energia, é mais preocupante no Nordeste. Na região, os reservatórios operam com 15,56% da capacidade. No sudeste e no Centro-Oeste, juntos, o nível de armazenamento está em 38,8%. No Sul, a situação é mais tranquila: 72,81%. Os patamares são inferiores aos registrados no fim de junho, segundo o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS).

 INSS CONVOCA 1 MILHÃO PARA REALIZAR PERÍCIA

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começará a enviar o primeiro lote de cartas de convocação para a revisão das aposentadorias por invalidez a partir de 15 de agosto, informou o secretário-executivo do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), Alberto Beltrame. Desta maneira, o pente-fino em mais de um milhão de aposentadorias por invalidez deve começar entre o fim de agosto e início de setembro. Dentro do nosso cronograma, as convocações começam no início da segunda quinzena de agosto. Nessa primeira etapa, até 50 mil segurados de todo o país receberão as cartas para marcar a perícia – explicou Beltrame.

CANAL ABERTO

Nunca antes na história. Em junho, pela primeira vez na história, a produção de petróleo do pré-sal superou a do pós-sal no Brasil. De acordo com dados inéditos da ANP, foram 1.352 milhão de barris contra 1.321 milhão, respectivamente. 

Turismo. Projeções da Embratur apontam que a Argentina e a Colômbia caminham para tirar do Brasil o posto de maior destino turístico da América do Sul. De 2014 para 2016, a Argentina recebeu 5% mais turistas, chegando a 6,2 milhões de pessoas. A Colômbia cresceu 21% no período, atingindo 5,1 milhões de visitantes em 2016. Já o Brasil, apesar do apelo das Olimpíadas, cresceu apenas 3% nesses dois anos, recebendo 6,6 milhões em 2016.

Nome sujo. As Lojas Americanas estão sendo protestadas em cartório por dívidas de R$ 40 milhões com as gravadoras Sony, Som Livre e Warner. O valor é referente a CDs e DVDs vendidos pela gigante do varejo. Com isso, hoje, o nome das Americanas está no Serasa. 

Racismo no futebol. Os casos de racismo sofridos por jogadores de futebol brasileiros e denunciados este ano, entre janeiro e julho, já superam o total de 2016. Até agora, foram 35 episódios reportados ao Observatório contra a Discriminação Racial no Futebol. Em 2016, foram 25; em 2015, 35;  já em 2014, 20. O dossiê foi tema de uma reportagem exibida no “Esporte Espetacular”.  Um dos casos é o de Rafael Vaz, do Flamengo que, após falhar na Libertadores, foi chamado de “macaco” nas redes sociais. 

“Tua cantiga”. A nova música de Chico Buarque movimentou as plataformas digitais e chegou ao 2º lugar no “Top singles” do iTunes, o toca-disco digital da Apple. A canção foi executada 75 mil vezes na página da “Biscoito Fino”, no YouTube.

Cocô de dinossauro. Vem aí um livro, da Letra Capital, sobre dinossauros e que aborda até, veja só… o cocô desses animais. Trata-se de “Iconologia de Paleovertebrados”, do cientista Paulo Roberto de Figueiredo Souto, que será lançado em 30 de agosto. A obra, que tem imagens de uma coleção rara de, “ torpedos jurássicos”, é fruto de 15 anos de pesquisa do professor