Home > Geral > Proação Fashion Day: a prova de que fazer o bem nunca sai de moda

Proação Fashion Day: a prova de que fazer o bem nunca sai de moda

Luz na passarela que lá vem: a solidariedade. Ela é a principal tendência a ser apresentada no Proação Fashion Day. O desfile tem como objetivo arrecadar verba para o projeto O Proação, entidade sem fins lucrativos que desenvolve um programa de educação complementar. A edição deste ano vai acontecer no dia 17 de agosto, no Minascentro. Os convites custam R$ 190 e podem ser adquiridos no site centraldoseventos.com.br.

A vice-presidente da instituição, Maria Inês Chaves, destaca a importância da união das grifes para o momento. “A moda é cultura e a inclusão das marcas parceiras é fundamental para que o evento aconteça e gere mais repercussão e visibilidade para a ONG. Neste ano, chegamos à nossa 10ª edição. O Proação Fashion Day mostra muito o externo, a aparência, mas, na verdade, tem um foco completamente no interno, que é fazer o bem ao próximo”.

O diretor criativo do evento, Alex Moreira, atribui os 10 anos de sucesso do desfile a alegria de poder ajudar. Além disso, ele recorda que a diretora da ONG, Ângela Proença, sempre foi uma mulher solidária e inspiradora. “Eu entrei há 5 anos no projeto, então acompanho o incrível trabalho que ela tem feito. O empenho dela serve de espelho para todos nós e só aumenta a vontade de contribuir”.

Alex acrescenta que o evento será ainda mais especial pela comemoração dos 10 anos. “Haverá os desfiles e um coquetel. A grande atração da noite será o cantor Thiago Abravanel, que fará um show muito animado”, revela.
O diretor do Proação Fashion Day adianta algumas novidades. “Este ano, além de todos os desfiles das marcas, teremos um momento com o estilista Victor Dzenk, que vai trazer inovações de sua marca, incluindo a moda plus size. É uma apresentação muito esperado e estamos buscando trazer modelos mais fashions para que o desfile fique bem completo”.

Além de estar inserido na organização, Alex é também diretor criativo da marca que leva o seu nome. Este ano, ele será o único representante do segmento de noivas. “Ninguém deixa de casar, tenho notado que a procura está cada vez maior. Nos quatro primeiros anos, eu fazia o desfile com oito ou nove looks de moda festa e uma ou duas noivas no final. O resultado foi tão bom que agora vou levar só noivas. Vamos trabalhar uma coleção com rendas e cristais diferenciados”.

Ele conta que Minas Gerais tem se tornado referência. “É o Estado que mais realiza casamentos. Eu atendo muitos clientes de fora, Brasília, São Paulo e Sul. Acredito que todos estão felizes com esse mercado, o que traz um olhar iluminado e diferenciado para as noivas”, conclui.

Natália Macedo
Belo-horizontina, 22 anos. Graduanda em jornalismo pelo Centro Universitário Estácio de Sá, fez cursos de Consultoria de Imagem e Design de Moda. Há 3 anos criou um blog voltado para o público feminino. Interessada em assuntos relacionados à minoria, gosta de dar visibilidade as pequenas causas voltadas a inclusão e empoderamento destes nichos.