Home > Educação e cultura > Circuito Pampulha Noturno promete elevar turismo na capital

Circuito Pampulha Noturno promete elevar turismo na capital

Museu Brasileiro do Futebol - divulgacaoOs turistas e os mineiros podem contar com mais uma atração turística na capital, o Circuito Pampulha Noturno. Como o próprio nome já diz, ele proporciona a visitação de projetos e espaços culturais em horários alternativos, desde o dia 11 deste mês, todas as terças-feiras das 18h às 21h. O projeto é uma iniciativa da Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Fundação Municipal de Cultura (FMC) e Belotur.

Você poderá contemplar e interagir no Museu de Arte da Pampulha, Casa do Baile, Museu Casa Kubitschek, Iate Tênis Clube, Museu do Futebol, Mineirão, Fundação Zoobotânica – Aquário da Bacia do Rio São Francisco, Praça Dino Barbieri, Igreja da Pampulha, Centro de Atendimento ao Turista Veveco, Praça Dalva Simão, Tuk Tour e Pampulha Retrô Tour. Além disso, as praças Dalva Simão e Dino Barbieri receberão atrações gastronômicas, entre elas o Gastronomia na Praça e o projeto Deguste, respectivamente.

O presidente do Museu de Objetos e Veículos Antigos (MOVA), Jefferson Rios, que também é um dos idealizadores do Pampulha Retrô, acredita que esse projeto será de grande importância para fazer com que a Pampulha seja novamente o cartão postal de Belo Horizonte. Ele conta que o circuito também contará com uma Jardineira Chevrolet Marta Rocha 1957, que ficará circulando nos ambientes arquitetônicos, levando os turistas. “Toda terça-feira haverá uma atividade diferente, a única atração fixa será Museu Casa Kubitschek”. Além das atrações retrôs que rementem aos anos 40, Rios explica que a ideia é, também, realizar eventos, como bailes de época.

Segundo o diretor do Conjunto Moderno da Pampulha ligado a FMC, Gustavo Mendicino, o intuito é reunir espaços culturais e turísticos da Pampulha num propósito de programação integrada. “Queremos fazer a promoção do patrimônio, por meio de atividades culturais, artística e lazer no período da noite. E, com isso, fazer com que a Pampulha seja um bom local de convivência”. Para Mendicino, a nova formatação de segurança por meio da Guarda Municipal está sendo implantada também motivada pelo circuito noturno. “Toda a parte de segurança, limpeza e manutenção foi reforçado, por esse olhar e viés de promoção”.

Outro fator importante é que não houve custo direto para a execução do projeto. “O segredo está aí, pois trabalhamos com articulação, envolvimento das pessoas, credibilidade que a FMC tem e com a motivação de todos para fazer com que a Pampulha se consolide como cartão postal”.

Opinião

O diretor diz ainda que têm atrações do circuito que são gratuitas, contudo vale lembrar que cada local tem a sua especificidade de funcionamento, tal como taxas para entrar. É importante ligar para cada instituição, ou acessar o site para conferir a programação do dia.

Ariane Braga
Apaixonada por animais, mercado econômico e educação. Tem 29 anos, graduou-se em jornalismo e cursou MBA em marketing na Unopar. Tem experiência de mais 8 anos na área de comunicação e marketing, com a elaboração de projetos, assessoria de imprensa, redação e edição de jornais e revistas, planejamento e monitoramento de mídias sociais, comunicação interna e fotografia.