Home > Acir Antão > Coluna – Acir Antão

Coluna – Acir Antão

Projetos

 

O Presidente do Minas Tênis Clube, Ricardo Santiago, recebeu no dia 08 de março a visita do Cônsul Geral A.H. da Índia, Edson de Barros Gomes Jr, acompanhado do associado Vicente Amorim.No encontro foram discutidos diversos assuntos sobre projetos que podem ser desenvolvidos em parceria e participação da comunidade indiana em eventos do Clube.

 A recessão que assustou – Ao divulgar na semana passada o tamanho do chamado rombo do PIB dos dois últimos anos, o IBGE causou um “frisson” nos meios econômicos do país e parte da oposição ao Governo Temer, saiu em campo para falar mal do atual momento econômico do país. No entanto, o próprio ministro da Fazenda, Henrique Meireles, fez questão de destacar que os economistas e a própria oposição deveriam olhar no retrovisor, pois o IBGE nada mais mostrou que o desempenho de nossa economia a partir de 2014, 2015 e parte de 2016. Só em 2014, a queda da renda per capita dos brasileiros foi de 9,1% . Já em 2016 o recuo da economia foi de 3,6%. Essa queda do PIB dura 11 trimestres e há um esforço do Governo de criar uma agenda positiva para sairmos do sufoco. A aprovação pelo Congresso da PEC dos gastos, foi uma iniciativa que trouxe credibilidade aos agentes da economia do Governo, que prepararam a reforma da Previdência em discussão no parlamento e a tão desejada reforma tributária, além é claro, da reforma trabalhista. Há no país uma grande possibilidade de haver uma desoneração de algumas exigências que trouxeram mais dificuldades para o empresariado ter um empregado. Só chegaremos ao pleno emprego se a economia reagir e o consumo interno aumentar. A liberação do FGTS em contas paralisadas, pode ajudar no aumento das vendas nos próximos meses.

Falando em recessão, Minas Gerais não é nenhum oásis no país e também sofre como os outros estados com o tamanho da crise. No entanto, o governador Fernando Pimentel não pretende usar o mesmo remédio que vem sendo aplicado no Estado do Rio de Janeiro que vai vender a CEDAE, para fazer caixa e poder pagar salários atrasados de seus funcionários. Aqui, em Minas, Pimentel já disse que a Cemig e a Copasa são invendáveis. Ele fez suas contas e descobriu que o Governo Federal deve muito ao nosso Estado, desde a entrada em vigor da lei Kandir na década de 90, quando deixamos de cobrar ICMS de nossas exportações. Imagina que Minas exporta 50% do café produzido no Brasil e talvez mais de 70% do mineiro de ferro que exportamos. Pimentel descobriu que o Governo Federal deve muito a Minas, pois ele nunca devolveu a desoneração de nossas exportações. Está pedindo um encontro de contas e além de pagar o que devemos ao Governo Central, em torno de R$ 80 bilhões, teríamos ainda alguns bilhões para receber de volta. Ou seja, só de deixar de pagar a dívida, algo em torno de 4 bilhões por ano, Minas teria dinheiro de sobra para pagar em dia seu funcionalismo, dar os aumentos necessários à várias categorias e ainda realizar uma série de obras em todo o Estado.

A solução do Ademir – Ex-deputado federal,  estadual e prefeito de Contagem em dois mandatos, Ademir Lucas foi sempre um bom líder na política e, por isso, sempre encontrou soluções para os diversos assuntos. Como está sem mandato, assiste de cadeira ao debate político no Brasil como espectador privilegiado, pois conhece bem seus atores e, assim, aplaudiu a decisão do deputado federal por minas Fábio Ramalho, o “Fabinho Liderança” de peitar o presidente Temer, por ter esquecido Minas na composição do seu Ministério. Ademir acha que Fabinho deveria aproveitar o momento e liderar uma ida de toda a bancada mineira no Congresso, incluindo os deputados e senadores por nosso Estado, que deveria atravessar “andando” a Praça dos Três Poderes e ir ao Supremo, numa grande audiência com a Ministra Carmem Lúcia, presidente daquela corte e pedi-la que faça valer constitucionalmente a Federação e decida a favor de Minas, na devolução do dinheiro que é nosso, oriundo das desonerações de nossas exportações. Seria uma posição política e ao mesmo tempo jurídica, pois uma decisão do supremo força o Governo a devolver os bilhões que temos direito.

Homangem – Em cerimônia presidida pelo deputado Adalclever Lopes, presidente da Assembleia, o Legislativo mineiro homenageou o advogado Nelson Wilians, com o título de Cidadão Honorário de Minas. Nascido no Paraná e advogando em todo o Brasil, com escritório em BH e Uberlândia, é uma das mais destacadas figuras jurídicas do país. A proposição do título foi feita pelo deputado Ivair Nogueira. Depois da cerimônia no Plenário da Assembleia, o homenageado recebeu a todos para um jantar no Automóvel Clube.

DA COCHEIRA

Num evento onde se consumiu 17 leitoas assadas e um boi, o ex-governador Newton Cardoso homenageou o presidente da Assembleia, Adalclever Lopes, em sua Fazenda Rio Rancho, em Onça do Pitangui. O evento contou com a presença de vários deputados e políticos de todo o Estado, inclusive o Governador Fernando Pimentel, que elogiou a festa promovida por Newtão.

Temer não teme a lista de Janot. Declaração do presidente da República não surpreende, já que ele deve saber muito bem, quais são os políticos, principalmente, do seu partido, envolvidos na busca da propina eleitoral.

Falando em propinas, ex-funcionário da Odebrecht, Hilberto Silva Mascarenhas, disse a Justiça Eleitoral, que a empreiteira movimentou de 2014 a 2016, cerca de R$ 3 bilhões e R$ 390 milhões de reais em propinas. É dinheiro pra ninguém botar defeito.

Está faltando, até hoje, uma medida de impacto do prefeito Alexandre Kalil, em Belo Horizonte. Pela sua explosão de votos e pelo jeito de ser, esperava-se alguma coisa que pudesse movimentar a nossa pacata cidade.

Pelo andar da carruagem, os prometidos R$ 15 milhões  do governador Fernando Pimentel, para reformar a via expressa em Contagem não serão liberados. O prefeito de antes era do PC do B e aliado do governador. O atual prefeito Alex de Freitas é do PSDB.

ANIVERSÁRIOS

 Domingo, dia 12 de março

Jornalista Nilza Helena, mulher de Ronan Ramos

Expedito Gomes Fereira – Contagem

Radialista Vânia Carvalho, São João Del Rey

Segunda-feira, 13

Jornalista Mônica Miranda, Rádio Itatiaia

Jornalista Manoel Higino dos Santos

Ex-deputado Luiz Vicente Calichio

Terça-feira, 14

Jornalista Paulo Celso

Sra Léia Márcia do Pinho, mulher do deputado Ivair Nogueira

Mércia Garcia – Anagalis

Quarta-feira, 15

Sra. Vânia da Cunha Pereira Valadares, mulher de Ziza Valadares

Dr. Geraldo Magela Gomes

Victor Nogueira, filho do deputado Ivair Nogueira e Leia

Quinta-feira, 16

Prefeito Wander Borges, de Sabará

Rodrigo Barreto Lucena- Assembleia Legislativa

Sexta-feira, 17

Ronaldes Gonçalves Marques- Ex-prefeito de Nova Lima

Dr. Antônio Olavo – Brumadinho

Sábado, 18

Jornalista J. D. Vital

Israel Pinheiro Filho

Jornalista Alessandra Mendes – Rádio Itatiai

A todos os nossos parabéns.