Home > Aulas > Quem sabe, sabe

Quem sabe, sabe

Gilvan Pinto
Gilvan Pinto Tavares e Daniel Nepomuceno comemorando o resultado positivo da volta das duas torcidas no jogo Cruzeiro e Atlético (Foto: Valdez Maranhão)

 

SUCESSÃO ESQUENTANDO

As eleições para a presidência do Cruzeiro Esporte Clube e para a direção do seu Conselho Deliberativo estão esquentando os bastidores do clube. O ex-presidente Zezé Perrella é quem está liderando as pesquisas de intenção de voto. Quanto ao vice-presidente na chapa de Perrella, o atual presidente do Conselho Deliberativo, João Carlos Gontijo de Amorim, tem a preferência entre os conselheiros efetivos e natos. São candidatos também ao cargo de vice-presidente, os conselheiros José Maria Fialho e Sérgio Santos Rodrigues. Quanto ao Conselho Deliberativo, os nomes citados são José Cezário Almada Lima, Celso Tolentino e José Eustáquio Lucas Pereira.

AMAZÔNIA NADA INTOCADA

Devido ao intenso desmatamento da Floresta Amazônica, geoglifos que passaram séculos escondidos pela vegetação estão sendo descobertos numa região do Acre. Os primeiros foram identificados no fim da década de 1970 e, desde então, mais de 450 já foram localizados. A presença dessas grandes estruturas geométricas construídas por antigas populações desafia a idéia de que a Amazônia é um ecossistema intocado. Um novo estudo, publicado no periódico “Proceedings of the National Academy of Sciences” (PNAS), mostra que os povos que habitavam a área já realizavam o manejo florestal há pelo menos 2 mil anos.

PREVIDÊNCIA: IDADE E TRANSIÇÃO SÃO INEGOCIÁVEIS PARA O GOVERNO

Quatro pontos são sagrados para o governo na proposta de reforma da Previdência, que começará a ser discutida em comissão especial da Câmara dos Deputados esta semana. Integrantes do governo afirmam que uma idade mínima de 65 anos para homens e mulheres; uma regra de transição com pagamento de pedágio de 50% ou seja, um acréscimo de 50% sobre o tempo que falta para a aposentadoria (somente para homens com 50 anos ou mais e mulheres a partir dos 45 anos); e mudanças no cálculo de pensões e benefícios assistenciais são cruciais para que a reforma cumpra o papel de tornar a Previdência sustentável.

CANAL ABERTO

Pelo amor de Deus. Um pastor evangélico foi à Justiça pedir reconhecimento de vínculo empregatício com a Igreja Mundial do Poder de Deus. Mas a 1ª Turma do TRT do Rio de Janeiro negou provimento do recurso. Os desembargadores, que acompanharam o voto da relatora Mery Bucker Caminha, entenderam que o trabalho dele estava ligado ao exercício voluntário da fé. Amém.

Sucessão familiar na folia. A empresária Flora Nair Giordano Gil Moreira e Flora Gil, estão se aposentando do Carnaval baiano. Após 19 anos, essa será a última folia dela à frente do Camarote 2222. Neste período, passaram por lá, além de muitas celebridades nacionais, famosos como o arcebispo Desmond Tutu, Bono Vox e a banda U2, Naomi Campbell, Quincy Jones, a rainha Sílvia da Suécia e tantos outros.

Assassinatos de LGBTs. Há 37 anos, o Grupo Gay da Bahia coleta dados sobre a violência contra LGBTs. O resultado de 2016, uma mostra de que, nos dias de hoje, desgraça pouca é bobagem, é o de 343 assassinatos. Uma morte a cada 25 horas – um recorde. E o número cresce: em 2000, foram 130; em 2010, 260.

Governo vai lançar medidas microeconômicas. O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou que o governo deve anunciar na próxima semana um pacote de reformas microeconômicas para estimular a economia. Sem dar detalhes, disse tratar-se de medidas já discutidas pelos ministérios da Fazenda, do Planejamento e pelo Banco Central.

Contribuintes já podem aderir ao Refis. A Receita Federal publicou a regulamentação e iniciou o período de adesões ao programa de regularização tributária do governo, já apelidado de Refis. Pessoas físicas também poderão usufruir do parcelamento de débitos. O prazo para parcelamento de dívidas tributárias e previdenciárias por pessoas físicas, empresas e órgãos públicos se estende até 31 de maio e não prevê, originalmente, perdão de multa e juros. A medida foi desenhada como forma de dar alívio a grandes empresas, com dificuldades de caixa em razão da crise econômica, e para reforçar os cofres públicos e ajudar fechar as contas este ano. A expectativa do secretário da Receita Federal, Jorge Rachid, é de arrecadação de R$ 10 bilhões.

E o topless? vai rolar? Não vai ser fácil gravar cenas da série “Rio de topless”, do Canal Brasil, nas praias da cidade. A equipe de produção teve a licença negada pela gestão de Eduardo Paes, sob a alegação de que a presença de mulheres sem a parte de cima do biquíni poderia ser enquadrada como atentado ao pudor. O pedido vai ser refeito, agora ao governo Crivella, para que as gravações comecem ainda em fevereiro.